Foto Eraldo Schnaider/Prefeitura de Blumenau
Foto Eraldo Schnaider/Prefeitura de Blumenau

Com a chegada do feriadão, a Prefeitura de Blumenau divulgou orientações quanto aos cuidados que devem ser tomados pela população nas visitas aos cemitérios, sobretudo no Dia de Finados, celebrado na segunda-feira (2). O objetivo é reduzir o risco de contágio por Covid-19 e evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre amarela.

Na ocasião, os visitantes são obrigadas a utilizar máscaras de proteção e observar o distanciamento de 1,5 metro em caso de formação de filas. O tempo médio de permanência deverá ser de 45 minutos para as visitas.

As tendas e barracas que comercializam flores precisarão respeitar o espaçamento de 2 metros entre um ponto e outro. Nesses locais, os proprietários deverão controlar o distanciamento de, no mínimo, 1,5 metro entre os clientes para evitar aglomeração, além de disponibilizar álcool 70% para higienização das mãos.

Com relação ao mosquito da dengue, a orientação é que as flores deixadas em homenagem aos entes falecidos não tenham recipientes que possam acumular água da chuva, por exemplo.

Os cemitérios municipais de Blumenau - Escola Agrícola, Velha e Progresso - estarão abertos durante os três dias do feriado, das 6h às 18h.

Confira as recomendações

  • Pessoas dos grupos de risco (idosos, grávidas, lactantes e portadores de doenças crônicas) devem evitar a circulação ou locais com aglomeração de pessoas;
  • Uso obrigatório de máscara durante toda permanência no cemitério;
  • Não tocar os olhos, o nariz ou a boca com as mãos se não estiverem lavadas com água e sabão ou higienizadas com álcool em gel 70%;
  • Manter o distanciamento mínimo de 1,5 m para se evitar a transmissão comunitária da Covid-19;
  • Levar sua própria garrafa de água, além do álcool em gel 70%;
  • Evitar o toque em pessoas, objetos ou superfícies;
  • Escolher horários nos quais sabidamente o fluxo de pessoas é menor;
  • Usar a “etiqueta” respiratória ao tossir ou espirrar, protegendo o nariz e a boca com lenço ou papel descartável, ou ainda com o braço, nunca com as mãos;
  • Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70% após tossir ou espirrar;
  • Utilizar sempre vasos/recipientes com furos que permitam a vazão da água, mesmo que as flores sejam artificiais;
  • Manter o nível de areia até a borda evitando o acúmulo de água;
  • Dê preferência às flores artificiais. Nesse caso, ao invés de areia, podem ser utilizadas pedras, que facilitam o escoamento da água. Lembrar sempre de utilizar um recipiente furado;
  • Retirar o invólucro de celofane, que embrulha o vaso ou buquê, que favorece o acúmulo de água;
  • Eliminar pratos e "cachepots", que também propiciam a deposição de água;
  • Ao optar por ramos de flores naturais, as mesmas deverão ser colocadas diretamente na areia presente nos vasos, que deverá estar umedecida.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: