Era por volta das 23h deste domingo (19) quando, avisada por vizinhos, a moradora de Criciúma, Lize Richarles, percebeu a água entrando em seu terreno. O vazamento de um cano no asfalto em frente a sua casa era o que causava a formação do córrego de água.

O problema ocorreu na rua Luiz João Milanese, no bairro Fábio Silva. Segundo Lize, o problema foi agravado pela demora no fechamento do abastecimento por parte da Casan. "Foi um pesadelo, começou a vazar, começamos a ligar pra Casan por volta de 23h20 mas eles só desligaram á agua por volta de 5h50. Inundou todo o meu terreno, quase um metro de água de altura", contou a moradora.

Parte do muro de uma casa vizinha precisou ser derrubado pela Defesa Civil para que a água tivesse vazão. "Foi feito uma buraco no muro porque estava fazendo bastante pressão nos muros e na casa de trás, bastante perigoso", contou o diretor da Defesa Civil de Criciúma, Fred Gomes.

Água moveu pavimentos da calçada em frente a casa.

Prejuízos materiais

A água atingiu inúmeros equipamentos da família como dois carros, geladeira, computador, impressoras, aparelho de solda, ferramenta e inúmeros objetos que estavam na residência e foram molhados pelo vazamento.

Confira o vídeo feito pela moradora:

Casan calcula dano

Conforme o gerente da Casan em Criciúma, equipes da Companhia estão no local verificando o que ocorreu e calculando os danos causados, sem maiores informações até o momento.

Nesta manhã, funcionários da Casan estão no local.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp