A Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), em alusão ao Dia Mundial da Água, irá realizar nesta segunda-feira (22) dois encontros remotos abertos ao público para debater sobre a importância da água e suas formas.

As duas ações serão uma palestra sobre rios e uma mesa redonda sobre a restauração ambiental de rios urbanos, feita em parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

O objetivo da ação deste ano é reforçar a preservação dos recursos hídricos e trazer à tona o tema poluição.

"Queremos reforçar a todos a importância dos rios e afluentes e, somando forças entre a população civil, entidades e governo, poderemos contribuir para manter e ou melhorar eficácia da água e consequentemente a saúde dos seres vivos", afirma o presidente da Famcri, Robson Izidro.

O primeiro encontro será uma palestra ministrada pelo geólogo da Famcri, Maurício Thadeu Fenilli de Menezes e será sobre 'As diferentes faces do caminho das águas: morfologia e processos fluviais'.

Nele, serão levantados pontos sobre a importância dos rios do meio ambiente natural e do meio urbano.

"Falaremos sobre as formas, padrões e processos que formam os rios, apresentando casos de Criciúma, da Região Carbonífera e de diversos países", declara Maurício.

A palestra será realizada duas vezes no mesmo dia, às 9h e depois às 14h, pelo link: https://meet.google.com/bat-xtss-qsw.

Já a segunda ação, será uma mesa redonda sobre 'A revitalização de rios urbanos e restauração ambiental: estudos aplicados ao rio Criciúma'.

O debate terá cinco participantes: o diretor de Licenciamento e Fiscalização Ambiental da Famcri, Felipe Soratto Monteiro e representantes, professores e acadêmicos da Unesc. Ela ocorrerá às 19h no link: youtube.com/unesctv.