Implantados em 2014, os corredores de ônibus foram pensados para dar mais fluidez ao trânsito de Jaraguá do Sul nas horas de pico e para privilegiar a circulação do transporte coletivo - proporcionando assim melhorias no embarque e desembarque dos passageiros.

Porém, na prática, as faixas preferenciais também se mostram como uma rota de fuga para os motoristas que não desejam ficar presos no trânsito.

Para muitos condutores, as regras de como funcionam a circulação de veículos nos corredores de ônibus não são claras e as dúvidas de quando se atravessar e quais transportes devem circular no espaço acabam aparecendo no dia-dia.

De acordo com o chefe do setor de Trânsito do 14ª Batalhão, capitão Antonio Benda Rocha, em Jaraguá do Sul, só existem as faixas preferenciais. "A prioridade de circulação é dos ônibus, mas veículos particulares podem circular nela", garante.

Faixas de ônibus podem ser utilizadas por carros e ônibus, porém, a preferência sempre será do transporte coletivo | Foto Eduardo Montecino/OCPNews

A área é demarcada por uma linha branca no asfalto.

Segundo Benda, quando foi estipulado este tipo de via no município, a expectativa era de que o comportamento educado dos jaraguaenses permitisse a circulação livre dos ônibus e, por vezes, as dos veículos - desde que os motoristas dessem a preferência ao transporte coletivo.

Conforme o capitão, é necessário que os condutores tenham consciência de utilizar a faixa preferencial em casos específicos, como estacionar ou fazer conversão para entrar em outra via. "A pessoa que estiver percorrendo sem adentrar em algum trecho e não dar espaço aos ônibus é um motorista mal-educado", explica.

Seguindo as diretrizes do Plano de Mobilidade do município, as ruas que recebem faixas preferenciais são:

  • Marechal Deodoro da Fonseca
  • Reinoldo Rau
  • Bernardo Dornbusch
  • Waldemar Grubba (Trecho final)

Infrações e multas

Quem transita pela via preferencial não está sujeito a autuação. Entretanto, Antonio Benda explica que motoristas que circulam na faixa secundária, em seguida adentram na preferencial e retornam para a pista secundária, cometem a infração de ultrapassagem pela direita, punida com quatro pontos na carteira e multa de R$ 130,16.

Quatro vias de Jaraguá do Sul possuem faixas preferenciais | Foto Eduardo Montecino/OCPNews

"Há exceções, quando por exemplo, o veículo da frente estiver colocado na faixa apropriada e der sinal de que vai entrar a esquerda", salienta.

Benda reforça ainda que o condutor poderá ser autuado se transpor de uma faixa de rolamento para outra, quando houver faixa contínua na cor branca, caso haja ainda a sinalização de regulamentação.

Faixa exclusiva não é realidade no município

Diferente das faixas preferenciais, nas faixas exclusivas o trânsito é de prioridade única para o transporte coletivo.

Estes espaços são identificados por uma faixa continua azul ao lado da faixa branca.  É só e permitida a conversão de outros veículos em pontos onde o trecho foi pintado com a linha tracejada.

De acordo com Antonio Benda, o município não possui suporte para receber faixas exclusivas. "A condição geográfica e a dimensão das ruas não permite que a cidade possua estas vias", explica. "Se fosse implantando, teríamos que excluir as demais faixas de rolamento", completa.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger