O Facebook não é mais a rede social preferida pelos brasileiros. Pelo menos não entre as crianças e adolescentes, dos 9 aos 17 anos.

Segundo estudo divulgado nesta terça-feira (17), do TIC Kids Online, o WhatsApp ultrapassou a preferência pela plataforma criada por Mark Zuckerberg, ganhando o status de queridinha entre os usuários dessa faixa etária.

Em 2015, 79% dos internautas brasileiros entre 9 a 17 anos tinham conta no Facebook. De acordo com o estudo, o percentual nesta faixa etária caiu para 66% no ano passado.

O WhatsApp – considerado no estudo como rede social – se manteve estável, com 71% em 2015 e 70% nesta última edição do estudo.

Já o Instagram cresceu consideravelmente. Em 2015, era usado por 37% dos internautas, e agora chega a 45% dos brasileiros entre os 9 e 17 anos de idade.

Pela série histórica dos resultados da pesquisa, a tendência é que o WhatsApp continue mantendo a preferência e o Instagram deve ganhar ainda mais espaço. Mas o Facebook deve seguir em queda e deixar o seu posto como rede social favorita dos brasileiros.

Quanto ao Snapchat, a rede social não tem atraído muito público no Brasil, diferente do que acontece em outros países, e vem perdendo mercado. Entre 2015 e 2018, a plataforma perdeu quatro pontos percentuais, passando de 27% para 23%.

As redes sociais, de maneira geral, não permitem usuários menores de 13 anos, mas 58% do público entrevista entre 9 e 10 anos e 70% dos que têm entre 11 e 12 anos afirma que têm contas nessas plataformas. Entre os internautas adolescentes, de 15 a 17 anos, o percentual chega a 97%.

Na pesquisa do TIC Kids Online foram entrevistadas 2.964 crianças e adolescentes, acompanhados pelos pais ou responsável. Os dados foram coletados entre outubro de 2018 e março de 2019.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger