A propensão para o desenvolvimento de enfermidades graves como câncer, doenças cardíacas ou neurológicas é um medo recorrente entre pessoas de diversas idades.

O diagnóstico precoce de tais doenças possibilita um tratamento muito mais eficaz, aumentando consideravelmente as taxas de sobrevivência.  

No Brasil, já existe um exame capaz de identificar a predisposição para mais de 1.200 doenças hereditárias. O myGenome foi apresentado ao mercado pelo grupo Diagnósticos do Brasil (DB).

Através da saliva

Inédito no país, o myGenome é realizado pelo DB Molecular, unidade especializada do Diagnósticos do Brasil focada em biologia molecular e genética.

O teste, indicado para qualquer pessoa maior de 18 anos sem antecedentes de doença genética, realiza o sequenciamento completo do Genoma a partir da saliva do paciente.  

“O myGenome é o exame que faz o sequenciamento completo do Genoma. Ele conta tudo o que o paciente precisa saber sobre seus genes", explic

Conforme ressaltou, após a realização do exame, com orientações médicas, é possível descobrir como aumentar a longevidade, gerenciar a saúde e melhorar o funcionamento do corpo.

Saúde dos órgãos

Para quem sonha ter filhos, exame pode analisar risco da criança ter alguma patologia genética | Foto Divulgação/DB

Com o myGenome é possível identificar, por exemplo, a predisposição do indivíduo saudável em desenvolver problemas cardiovasculares e de coagulação, predisposição ao câncer e a problemas neurológicos, alterações endócrinas e metabólicas ou até mitocondriais, informando, também, a saúde dos órgãos.  

Para quem sonha em ter filhos, o exame pode analisar se os pais são portadores de alguma doença genética e o risco de o filho ter alguma das patologias, além de informar as características genéticas que podem ser passadas aos seus descendentes.

“Conhecer estes riscos auxilia na tomada de decisões adaptativas e personalizadas sendo possível utilizar-se de diretrizes redutoras de riscos”, complementa Gaburo. 

O teste, que tem seu resultado disponível em até 12 semanas, descreve, também, mais de 70 características relacionadas a rendimentos esportivo, metabolismo, nutrição e, até mesmo, a ancestralidade. 

Fonte: DB Molecular

Quer receber as notícias no WhatsApp?