A cidade de Gaspar será muito bem representada na semifinal da III Olimpíada Brasileira de Cartografia (Obrac) pelos alunos da Escola Norma Mônica Sabel. A equipe é formada pelos estudantes Catherine Isabel Lancer, Isadora Junges Schumacker, Isadora Tschoeker Hening e Rafael Ademar Lanse, com coordenação da professora Grácia Margarida Russi Prade.

A classificação veio após a prova prática na qual produziram a cartografia do entorno da unidade escolar e uma maquete tátil para deficientes visuais. Os alunos também gravaram um vídeo e elaboraram um relatório com a descrição do projeto. Mais de 1.000 estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país participaram desta fase.

Agora, a equipe gasparense terá até 6 de setembro para realizar a próxima atividade. Eles precisam ficar entre os dez primeiros lugares para alcançar a final da competição, que será realizada de forma presencial, no Rio de Janeiro (RJ).

Olimpíada Brasileira de Cartografia

A competição, promovida a cada dois anos, é voltada para jovens entre 13 e 19 anos que estejam cursando o 9º ano do Ensino Fundamental ou o Ensino Médio em escolas públicas ou privadas.

Nesta terceira edição, o tema da Olimpíada tem enfoque na questão dos refugiados e demais aspectos relativos aos elementos e propriedades cartográficas.

Quer receber as notícias no WhatsApp?