Sentir o ar puro da mata, ouvir o canto dos pássaros e o barulho das quedas de água, além de apreciar frondosas árvores e belas flores. Este é o cenário da sala de aula ao ar livre de cerca de 250 alunos dos quartos anos da rede municipal de ensino de Corupá que participam até novembro do Projeto Você e a Mata Atlântica, que compõem o Programa de Educação Ambiental Relação do Homem com a Natureza. O projeto, realizado desde agosto, primeiro nas escolas com aulas interativas, palestras e vídeos, se estende para Rota das Cachoeiras - Reserva Particular do Patrimônio Natural Emílio Battistella onde os alunos podem ter contato direto com a fauna e flora da Mata Atlântica. A ação é desenvolvida numa parceria entre Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente e Polícia Militar Ambiental de Joinville.
Alunos têm contato com a fauna e flora da mata atlântica em um dos principais pontos turísticos de Corupá | Foto Divulgação/OCP
O objetivo do Projeto Você e a Mata Atlântica é sensibilizar os alunos para a mobilização e multiplicação dos conhecimentos e das práticas sustentáveis para o futuro do planeta, garantindo uma convivência harmônica com a natureza. Desde que o projeto começou já foram abordados os temas: a história da fauna e da flora da Mata Atlântica e agora ocorre a vivência e percepção ambiental diante do que já foi estudado na Rota das Cachoeiras. Para as educadoras ambientais é de suma importância para os estudantes e comunidades o conhecimento da área onde se vive.
Aula ao ar livre com a educadora ambiental Francieli Bronstrup | Foto Divulgação/OCP
A educadora ambiental Francieli Bronstrup e a chefe do Meio Ambiente Thayane Gomes Melin explicam que nesta fase do projeto, os alunos dos quartos anos das escolas municipais de Corupá colocam em prática tudo que aprenderam em sala de aula. Na visita à Rota das Cachoeiras, os estudantes participam de dinâmicas com a Polícia Militar Ambiental de Joinville, com os policiais Josiane Raulino e Everton Cavalet.
Dinâmica com a policial ambiental Josiane Raulino | Foto Divulgação/OCP
Depois se embrenham pela trilha que dá acesso a primeira das 14 cachoeiras do Parque onde recebem um "banho de floresta", ou seja, são convidados a praticar exercício corporais e de respiração como os da yoga com chefe de Meio Ambiente Thayane. Esta atividade inicia com um relaxamento profundo, simulando elementos do meio ambiente. Os alunos sentem a terra, o ar, são instigados a descobrir detalhes que muitas vezes passam despercebidos, desenvolvendo todos os sentidos.
Aula de yoga em meio à natureza | Foto Divulgação/OCP
A secretária de Educação e Cultura de Corupá Miriam Taufenbach, ressalta que as aulas de educação ambiental que a intenção é abranger mais turmas das quatro escolas municipais para 2018. “A educação ambiental é uma forma de incentivar as novas gerações para preservar a natureza sendo também uma maneira de praticar a interdisciplinaridade e a sustentabilidade dentro e fora da sala de aula”, comenta Miriam.
Projeto abordou vivência e percepção ambiental diante do que já foi estudado na Rota das Cachoeiras | Foto Divulgação/OCP
Destaque no Fórum Brasileiro de Educação Ambiental O Programa “Relação do Homem com a Natureza”, que integra o Projeto Você e a Mata Atlântica foi destaque no 9º Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e 4º Encontro Catarinense de Educação Ambiental, que ocorreu nos dias 17 a 20 de setembro, em Balneário Camboriú. Além da apresentação de relato de experiência, feita pela educadora ambiental Francieli Bronstrup, que participou do evento, durante a mesa redonda sobre a Política Nacional de Educação Ambiental (EA) o Coronel Adilson Sperfeld, da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, deu destaque ao programa realizado em Corupá, enfatizando a importância dele para Santa Catarina. *Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Corupá