Alunos de 59 unidades de Jaraguá do Sul começam ano letivo

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sexta-feira, 09:10 - 12/02/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Toda a vergonha do pequeno Lukas Gabryel Alves Ferreira, de cinco anos, sumiu assim que conheceu os novos amigos e pegou as primeiras pecinhas para montar. Enquanto o pequeno estreitava laços com as outras crianças, com quem passará as próximas manhãs durante o ano letivo, pais e mães acompanhavam atentamente a conversa com a professora. Mais cedo, assim que os pequenos e grandes alunos chegavam na Escola Municipal Alberto Bauer, no Czerniewicz, que recebe crianças desde o pré até o nono ano, eram recepcionados por todos os integrantes do grupo pedagógico e levados para uma conversa com a diretora da unidade. Com um sorriso no rosto, ela dava boas-vindas aos pais e alunos, tirava dúvidas e, talvez o mais importante, enfatizava a necessidade da família caminhar junto com a escola para o melhor aprendizado e desenvolvimento dos estudantes. Outras 58 unidades escolares de Jaraguá do Sul também voltaram às aulas ontem. A ansiedade de Lukas Gabryel não era apenas para participar da primeira aula do ano. Tudo para o pequeno é novo. Natural de Maceió, em Alagoas, o menino chegou há pouco tempo em Jaraguá do Sul e teve a primeira experiência na escola e com as outras crianças daqui, seus futuros amigos. Escondendo-se atrás da mãe, Luana Alves Ferreira, ele apenas deixou escapar que é fã do personagem homem-aranha e logo correu para entrar na escola. As responsáveis pela criança, Luana e Viviane André, entendem a importância de acompanhar de perto o desenvolvimento escolar dele e estar presente, principalmente nesses primeiros dias de aula. “Iremos trazer e buscá-lo todos os dias para ele se acostumar com a nova rotina, nova escola e também saber que estaremos sempre juntos”, diz Viviane. Outra mãe que estava grudada em seu filho era Luciana Wendorff. Enxugando as lágrimas do filho Caetano, cinco anos, ela quase chorou junto. “Ficar preocupada eu não fico porque sei que a professora e a escola são excelentes, mas a gente sempre fica com o coração apertado, né?”, diz. 2016-02-11 - volta as aulas - escola - educação - piero ragazzi-1 (29)

Apesar de estar animado e ansioso para o primeiro dia de aula, Caetano Wendorff chorou ao se despedir da mãe, Luciana

A diretora da unidade, Adriana Rau, se felicita com pais que agem dessa maneira. “Se eles têm essa noção do quanto é necessário estar presente, é ótimo porque tudo contribui para a criança. Sem a participação da família, a escola não consegue fazer nada sozinha”, enfatiza. Nesse primeiro dia ela diz ser normal os pais ficarem um pouco mais de tempo na escola e acompanharem os alunos até à sala, principalmente os pequenos. “Eles também conhecem o ambiente escolar e como as coisas funcionam, principalmente para aqueles que vieram da creche porque a logística é diferente”, explica. A escola recebe cerca de 520 alunos, com idade entre cinco e 14 anos. Em todo o município, 19,6 mil alunos retomaram as atividade escolares ontem. Eles estão distribuídos entre 30 escolas de ensino fundamental e 29 centros de educação infantil. Apenas a Escola Ribeirão Cavalo não voltou às aulas junto com as demais. Devido a reformas, os alunos da unidade começam a estudar na terça-feira (16). 2016-02-11 - volta as aulas - escola - educação - piero ragazzi-1 (11)  
×