Uma aula diferente. Assim foi a manhã de 30 jovens estudantes da Escola Municipal Prefeito Nilson Wilson Bender, que abriram nesta terça-feira (6) a agenda de 2018 do projeto Trânsito é Vida, coordenado pela Eptran (Escola Pública de Trânsito de Joinville).
Quer receber as reportagens do Jornal de Joinville no WhatsApp? Basta clicar aqui
Na sede da Eptran, que fica na rua Monsenhor Gercino, 1040, no bairro Itaum, os estudantes, na faixa dos oito anos, participaram de atividades teóricas e práticas. Primeiro foi uma aula interativa de conhecimentos gerais, ministrada por agentes de trânsito que apresentaram regras de como se comportar na rua, como pedestres, ciclistas ou passageiros.
O elemento estimulador é o cenário de um cruzamento onde aparecem faixas, semáforos, placas, carros, ônibus e pedestres em movimentos corretos e errados, cabendo às crianças manifestar suas opiniões. Na sequência, em duplas, participam de testes do “certo” ou “errado” sempre orientados por agente de trânsito.
O projeto continua nesta quinta-feira (8) com outras turmas no horário das 8h30 às 10h30 e das 14h30 às 16h30. Ao longo de 2018, todas as semanas serão atendidas cerca de 120 estudantes de escolas públicas e particulares.
A agente de trânsito e educadora Maísa Gabriela Fidelis da Silva destaca que todo o projeto Trânsito é Vida é focado na criança e em caráter educativo. “Nossa abordagem é voltada a elas como pedestres, ciclistas ou passageiros, sempre dentro de uma visão de humanização e segurança”, afirmou.
A Escola Pública de Trânsito – é uma unidade da Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública responsável pela realização de campanhas, palestras, ações e projetos educativos ligados à segurança e mobilidade no trânsito. Seu objetivo é levar à comunidade informações e maior conhecimento sobre o trânsito e incentivar a mudança de valores, comportamentos e atitudes, visando uma melhor qualidade de vida no espaço urbano.
*Com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Joinville