O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, já descartou que decretará o lockdown (bloqueio total), ou qualquer medida mais restritiva, como forma de frear os números da Covid-19 na cidade, principalmente em relação aos hospitalizados.

E para isso, o Governo Municipal deflagrou nesta sexta-feira a ação Criciúma declara guerra contra o coronavírus”, para intensificar as fiscalizações das medidas de restrições.

A ação promete tolerância zero para os cidadãos e estabelecimentos que não cumprirem as regras sanitárias, e conta com a parceria das entidades que compõem a Equipe Multi-institucional, principalmente para auxiliar na conscientização.

Ele caracterizou o momento de pandemia como uma tempestade forte e difícil, mas que passará, com a colaboração coletiva.

“Nesta semana o assunto mais falado foi o lockdown, o para tudo, desliga a cidade da tomada e pronto. Enquanto esta decisão couber ao prefeito, nós não vamos declarar o para tudo. Nós não vamos desligar a cidade da tomada. Até porque, como fica a energia da sua casa? A internet? Têm pessoas trabalhando para isso. Como ficam os mercados, aqueles que produzem? Os que recolhem o lixo da sua casa? Todos têm que trabalhar, com muito cuidado, seguindo o decreto”, atentou.

Guerra declarada

Salvaro ressaltou que a guerra contra o coronavírus está declarada e, se todos se unirem e respeitarem as medidas, ela será vencida.

Prefeito se pronunciou nesta sexta em suas redes sociais / Foto: Reprodução

Citou ainda sobre as multas e voltou a repetir: “é só usar a máscara, é só não fazer festa que não vai precisar pagar”.

Reforçou ainda que quem está pegando o ônibus são aqueles que precisam trabalhar e pediu para que essas pessoas não sejam julgadas.

“Todos terão que cumprir esse decreto e por isso seremos mais rigorosos. Se é para vencer essa guerra, precisamos de todos. Preciso da sua colaboração e vamos continuar trabalhando. Quem cuida de você, também são os outros. Proteja você e os seus”, enfatizou.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul