Nesta terça e quarta, 5 e 6 de junho, a partir das 8h30, a ENGIE reunirá empregados, clientes, parceiros e formadores de opinião, na sede em Florianópolis para debater sobre sustentabilidade, parte da programação do seminário Gestão Sustentável.

Alguns temas que estão na ordem do dia da agenda internacional, como impactos da inovação disruptiva, cidades do amanhã, diversidade, trabalho decente e a descarbonização da economia. O primeiro dia é aberto ao público e o segundo, reservado à equipe interna.

“É importante ter uma visão holística e colocar as pessoas no centro das transformações”, diz o diretor-presidente da ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini, que vai abrir o encontro às 9h hoje (5).

No Dia do Meio Ambiente, a ENGIE comemora a superação da meta do plantio e doação de mudas em 10%, somando 275.027 unidades em 2017. Outra iniciativa relevante e inédita no setor é o projeto Matriz da Biodiversidade, mapeamento da fauna e da flora próxima às usinas da empresa no país, para reforçar a proteção a ecossistemas ameaçados.

O seminário começa com palestra da consultora Patrícia Santos sobre neurociência e como tornar a mente mais produtiva por meio de exercícios de concentração. Em seguida, o consultor Arthur Igreja fala sobre o impacto da inovação disruptiva e economia compartilhada. “Pouca gente tem entendimento do quão brutal é a velocidade de transformação causada pela inovação, pela tecnologia e pela digitalização dos negócios”, diz Igreja. “A grande empresa tem de criar uma zona no seu perímetro que consiga ser uma membrana de interface flexível com as startups, pois se ela se fechar, vai ficar para trás”.

Cidades do Amanhã é o tema do gerente de soluções para cidades da ENGIE, Kevin Alix. No período da tarde, depois de um debate sobre diversidade na Companhia, a engenheira química Patrícia Guardabassi, do Instituto Acende Brasil, aborda a análise socioeconômica e ambiental da implantação de usinas hidrelétricas.

O evento prossegue com palestra do gerente de transição energética da ENGIE, Philipp Hauser, sobre parcerias para um futuro de baixo carbono. Por fim, a consultora Sônia Loureiro fala sobre a promoção do trabalho decente no contexto das relações de trabalho.

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Região de Jaraguá do Sul - Clique aqui

Região de Joinville - Clique aqui

Região de Florianópolis - Clique aqui