Juliana Tulio é sócia-proprietária do Hotel Villa do Vale, considerado referência em hotelaria na região do Vale do Itajaí. Além disso, é mãe de dois filhos e influenciadora digital, com mais de 120 mil seguidores no Instagram. Juliana encerra as entrevistas da segunda edição do projeto Mulheres que Inspiram, realizado pela Contax Contabilidade e Planejamento Tributário e com apoio da Presse Comunicação e OCP News Vale, contando um pouco sobre sua trajetória profissional e desafios de empreender.

“As dificuldades de empreender são gigantes, não é um conto de fadas! Todos os dias são obstáculos imensos para se superar. Sem amar muito o que eu faço, já teria desistido faz tempo. O Villa do Vale foi surgindo no meu coração e ele realmente é fruto de muita dedicação e carinho genuíno, mas o mundo real é bem mais cruel e precisamos nos moldar e melhorar todos os dias para que os sonhos não se tornem pesadelos”, conta Juliana.

Conte brevemente sobre como começou sua trajetória no ramo de hotéis? Houve algum momento marcante neste sentido?

Eu cresci dentro do Hotel Himmelblau. Minha avó Adelina Hess de Souza, fundadora da Dudalina, adquiriu o hotel nos anos 80 após observar que era o único hotel, na época, que não pegou enchente. Então eu sou a terceira geração que se apaixona pela arte de receber. Apesar de viver minha vida dentro daquele hotel, eu nunca achei que aquela seria a minha profissão. Eu sempre fui apaixonada por psicologia. Mas comecei a trabalhar lá e me apaixonei, porém queria algo diferente, em que conseguisse agregar mais valor ao produto e proporcionar momentos únicos e experiências. Aí surgiu o Villa do Vale.

Quando você sentiu pela primeira vez que seria uma mulher empreendedora?

Nunca pensei muito sobre isso. Eu apenas fui me jogando e as coisas foram acontecendo. Basicamente eu aprendi a abrir o paraquedas depois de pular.

Quais foram os principais desafios profissionais que você enfrentou?

Muitos! Empreender é um desafio diário. Quando você vence um, mais três desafios aparecem. Acho que o maior desafio é se manter motivado diante a tantos obstáculos e problemas, pois eles são constantes!

Você já percebeu ou sentiu alguma limitação na vida profissional ou pessoal por ser mulher?

Não porque tenho o privilégio de vir de uma família com um empoderamento feminino muito forte. Nos anos 40, minha avó não brigou pelo feminismo, ela foi lá e fez. Minha família tem mulheres muito fortes que me inspiram e incentivam muito, então nunca tive limitações, principalmente dentro de casa. Mas entendo que isso é um privilégio e que infelizmente muitas mulheres enfrentam grandes obstáculos na vida profissional.

E o futuro, o que esperar dele?

O futuro é muito incerto. Tenho a filosofia de não perder tempo com o que não tenho controle, mas sim me dedicar ao máximo para dar o meu melhor independente da situação. É essa adaptabilidade que considero uma grande vantagem nos dias de hoje, reagir de forma rápida e precisa diante de acontecimentos inesperados, enfrentar o medo do novo e da mudança.

Quais mulheres lhe inspiram?

Minha avó pelo grande exemplo de fazer. Minha mãe por ter me ensinado tudo sobre gentileza e amor. Minhas tias pela garra e força. Tenho muito orgulho das mulheres da minha família.

Mãe, mulher, empreendedora, influenciadora digital. Como conciliar esses papéis com leveza?

Tentando manter um equilíbrio dentro da minha cabeça, porque fora dela é tudo bem desequilibrado. Não podemos ter tudo, em alguns momentos nos dedicamos mais a uma área e deixamos a desejar em outras. Acho que o segredo é não se cobrar tanto e aceitar nossas sombras e defeitos.

Que mensagem deixaria para as mulheres neste mês em que comemoramos o Dia da Mulher?

Seja você a mudança no mundo. Não espere alguém vir te tirar da torre, você mesma precisa se salvar. Nossa força feminina é incrível, encontre-a.

O empreendedorismo feminino pode ser uma saída em relação à situação de vulnerabilidade de mulheres no Brasil, tirando a dependência financeira da mulher?

Com certeza! Uma mulher não deve depender de ninguém. Ela precisa encontrar sua voz e seu caminho, ser dona das suas vontades. O empreendedorismo é um caminho para essa liberdade.

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.