No último sábado (10), a Casa São José completou quatro anos de funcionamento em Jaraguá do Sul. O local é preparado para receber pacientes e acompanhantes do Hospital São José que não têm condições financeiras de pagar hospedagem durante o seu período de hospitalização.

Para celebrar, o presidente da Associação dos Voluntários do São José, Joe Gieseler, realizou, na terça-feira (13), uma prestação de contas para doadores, membros da comunidade, voluntários e imprensa. O evento foi feito de forma on-line.

Nestes quatro anos, conforme Gieseler, foram atendidas 1.228 pessoas, que receberam acolhimento, alimentação e assistência.

A Casa São José fica localizada na rua Guilherme Weege, nº 114, no Centro | Foto: Divulgação

A iniciativa, surgida em 2017, foi resultado da mobilização da Comissão de Voluntários do Hospital São José, que buscou referências em casas da mesma finalidade no Oeste de Santa Catarina e no estado do Paraná.

Desde então, a Casa é mantida por meio do voluntariado, das doações de toda a comunidade e de ações organizadas pelo grupo Amoração.

O paciente Sílvio Fernando Rocha, natural de Canoinhas/SC, veio a Jaraguá do Sul para realizar tratamento oncológico no Hospital São José. Ele e a esposa ficaram hospedados na Casa pelo período de 45 dias, até o fim de seu tratamento.

“No primeiro dia que vim para o tratamento, gastei R$ 35 para almoçar, mas não conseguiria pagar este valor todos os dias. Agradeço muito à Casa”, relata o hóspede.

Desde a abertura da Casa, 10.191 diárias já foram utilizadas por pessoas de diversos lugares de Santa Catarina, e até do Brasil. Os alimentos doados totalizam 33.557 quilos, e estas doações viraram 27,5 mil refeições gratuitas na mesa de pacientes e hóspedes.