A conclusão da quarta etapa do Anel Viário e a construção de um complexo turístico na Mina de Visitação foram os principais anúncios da agenda do governador Carlos Moisés em Criciúma na tarde desta sexta-feira. Ao todo, foram liberados R$ 78 milhões para ações na maior cidade do Sul de Santa Catarina.

Também foram garantidos recursos para pavimentação de ruas e para a instalação de reservatórios de água por parte da Casan. Os atos aconteceram no Salão Ouro Negro da Prefeitura.

O chefe do Executivo estadual lembrou que a conclusão do Anel Viário terá um investimento de R$ 20 milhões para um trecho de quase três quilômetros. Após problemas com desapropriações, a ordem de serviço foi emitida. A comunidade aguarda há quatro décadas pela obra.

“Essa é uma obra que faz parte do programa Novos Rumos. Nele, foram incluídas ações estruturantes para as regiões de Santa Catarina. O Anel Viário não é uma obra apenas para Criciúma, mas para toda a Amrec. Hoje é um dia feliz para todos nós”, disse o governador.

Mina de Visitação

O prefeito Clésio Salvaro destacou, em seu discurso, a importância histórica do carvão para a cidade. Agora, com a construção do complexo turístico na Mina de Visitação, as pessoas poderão conhecer mais do passado do município, além de ter uma bela vista da área urbana, da Serra e até do mar a partir do mirante que está sendo erguido no Morro do Cechinel.

“O governador Carlos Moisés teve uma participação muito importante no movimento para garantir a continuidade das atividades carboníferas na nossa região até 2040. Agora, a partir dos recursos do Plano 1000, nós poderemos desenvolver o turismo na nossa cidade, com uma atração quase que única no mundo. O momento é de gratidão”, comemorou Salvaro.

O investimento anunciado pela Casan em Criciúma é de R$ 12,9 milhões, que serão usados para comprar reservatórios de água tratada em seis bairros. A ação garantirá um atendimento mais qualificado para 221 mil moradores.

Fotos: Mauricio Vieira / Secom

Outros repasses

  • R$ 5 milhões para construções de pontes de concreto nos bairros Monte Castelo, Brasília, Santo Antônio e São Francisco;
  • R$ 5 milhões para a implantação do Parque Municipal de Santa Luzia, que será o parque da cidade;
  • R$ 4 milhões para a pavimentação da rodovia Castelo;
  • R$ 4 milhões para a pavimentação da Rua SD-1607;
  • R$ 4 milhões para a pavimentação do bairro Cristo Redentor;
  • R$ 5 milhões para pavimentações na região do Porto Seco, importante área industrial da cidade.
  • R$ 2,4 milhões para melhorias na área da saúde, com a construção de um centro de reabilitação físico e intelectual (CER II) e tratamento pós Covid-19, além da compra de equipamentos.

O ato em Criciúma foi acompanhado pelos deputados estaduais Luiz Fernando Vampiro, Ada de Luca, José Milton Scheffer e Rodrigo Minotto, secretários de Estado e autoridades locais.