Conheça dez alimentos que podem ser os vilões da sua dieta

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

terça-feira, 04:00 - 13/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
O verão se aproxima e não tem jeito, é só o calor começar a dar as caras que a preocupação com a silhueta aumenta. E falou em dieta, pensou em barrinha de cereal, peito de peru e biscoito água e sal. Mas, ao contrário do que se imagina, muitos dos alimentos ícones dos regimes nem sempre são tão light assim. A intenção pode até ser das melhores ao abarrotar a geladeira ou a dispensa de granola e sopas, mas alguns itens que parecem inofensivos e até pouco calóricos são, na verdade, ciladas e podem comprometer a sua dieta. Confira uma lista com dez desses vilões: Barrinha de cereal Muitas delas são ricas em açúcar, gordura hidrogenada e apresentam conservantes em sua fórmula. Troque por frutas, que, além de proporcionar mais saciedade, têm vitaminas e minerais. Leite de soja Nem todos os produtos derivados da soja são saudáveis, porque têm um potencial alergênico muito grande. O extrato de soja é um deles. Portanto, fique de olho. Se você tiver alergia ou intolerância a esses alimentos, o consumo será prejudicial à saúde e dificultará o emagrecimento. Os únicos derivados da soja que podem ser incluídos em uma dieta saudável sob consulta do nutricionista é o tofu e o missô. Biscoito água e sal Apesar de pouco calórico, é rico em farinha de trigo branca (sem fibras), que é rapidamente absorvida pelo corpo e armazenada como gordura. Sem falar na adição de gordura hidrogenada. Quatro unidades têm cerca de 120 calorias, a mesma quantidade de um pão francês ou duas fatias de pão de forma. O biscoito, no entanto, tem de três a quatro vezes mais gordura. Biscoito de maisena Assim como o biscoito de água e sal, o de maisena também leva muita farinha branca, que é armazenada como gordura especialmente no abdômen. Fique longe. Bebidas diet, light e zero Sucos e chás prontos ou refrigerantes sem adição de açúcar não têm valor calórico significativo, mas alguns contêm adoçantes ricos em sódio, que retém líquido e dificulta o emagrecimento. Além disso, essa substância é capaz de aumentar o armazenamento de açúcar presente no organismo sob forma de gordura. Cereais matinais Os cereais de milho em geral são ricos em carboidrato e têm pouca fibra. Outros como a granola levam quantidade significativa de óleo e açúcar. Fique de olho no rótulo para não trocar gato por lebre. Na dúvida, prefira fazer uma troca saudável. Sopa de saquinho Com as temperaturas mais amenas à noite, muitas pessoas gostam de substituir o jantar por uma sopa. Ponto positivo se ela for preparada em casa. As industrializadas têm baixo valor calórico, mas são riquíssimas em sódio, que em excesso pode causar hipertensão e retenção de líquido. Comida japonesa Por conta dos peixes, ricos em ômegas, a culinária japonesa é uma das mais saudáveis do mundo. No entanto, a fama de super leve não é tão verdadeira quanto parece, já que as adaptações feitas pelos sushimans brasileiros adicionaram às receitas maionese, cream cheese e mergulharam ainda no óleo algumas das preparações. O hot philadelfia, feito com cream cheese, empanado e frito, chega a ter 75 calorias por peça. Refeições congeladas light Assim como as sopas de saquinho, a maioria dos alimentos prontos congelados são riquíssimos em sódio, mesmo quando anunciam ser light. Peito de peru Embutidos apresentam baixo teor de gordura, mas quantidade muito alta de sódio e conservantes. Fique longe. Molhos prontos para salada Fique atento à quantidade de sódio, pois, mesmo com baixo valor calórico, a quantidade da substância que induz à retenção de líquido é grande. Para dar mais sabor aos alimentos, experimente temperos naturais e especiarias como tomilho, alecrim, manjericão, semente de coentro, pimenta e orégano.
×