Enquanto os estudantes aproveitavam as férias de julho, a Secretaria de Educação de Massaranduba utilizou o período para promover melhorias nas escolas. Dez unidades de ensino municipais, estão recebendo sistemas multimídia. O material é composto por computador, caixas de som, amplificador, data show, tela e caneta passa slide.

De acordo com o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Turismo de Massaranduba, Cristiano Tironi, todas as salas do pré ao nono ano receberão o sistema. O investimento é de R$ 150 mil em infraestrutura, com recursos próprios.

Todas as salas, do pré ao nono ano, estão recebendo o kit multimídia | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Além disso, os professores vêm sendo capacitados e duas turmas de docentes estão concluindo o curso de mídias digitais.

“São 33 professores que estão concluindo esse curso agora, para que possam usufruir desse investimento na parte de tecnologia. Ainda no ano passado, investimos bastante para reforçar a internet nas escolas. Estruturamos as escolas para que tenham um sistema de rede bem sólido e eficaz”, assegura.

O investimento permitiu acesso de forma simultânea. Agora, a Secretaria encaminhou projeto ao programa do MEC (Ministério da Educação e Cultura) Educação Conectada, que oferece financiamento para levar a internet via satélite ou terrestre aos estudantes.

Capacitação dos professores

No próximo ano, destaca Tironi, haverá o programa do livro digital. No entanto, apenas 4% das escolas brasileiras possuem sistema multimídia em sala de aula.

“Então, pensamos assim: a gente precisa dar infraestrutura ao nosso professor e depois dar a capacitação também. Depois, vamos avaliar como vai funcionar essa política pública de tecnologia”, aponta.

Além disso, está sendo implantado o diário online, inicialmente na escola Pedro Aleixo. É um sistema que passará a funcionar no segundo semestre de forma experimental. Depois, será utilizado em toda a rede municipal de educação.

O secretário diz que chamadas, notas e outros processos serão feitos no diário online, gerando economia de papel e facilitando o trabalho. “O sistema será moldado conforme as necessidades dos nossos professores”, enuncia.

Quer receber as notícias no WhatsApp?