Os avanços feitos pela Secretaria de Educação foram tema principal da reunião do Conselho Consultivo da Prefeitura de Jaraguá do Sul na última semana. Investimentos, novos projetos, reformas e capacitações vêm contribuindo para alavancar o ensino na rede, que atende mais de 20 mil alunos nas escolas e creches.

Desde agosto, a Secretaria está fazendo a distribuição de chromebooks nas unidades. Praticamente 50% da rede já recebeu os aparelhos, que devem ser totalmente entregues até o fim de outubro. Foram aplicados R$ 3,4 milhões no projeto.

Um novo edital será aberto para aquisição de 850 chromebooks aos professores efetivos da rede. "Assim eles poderão levar para casa e planejar suas aulas", destaca o secretário de Educação, Rogério Jung. Os profissionais receberam treinamento para usar os eletrônicos.

Conselho Consultivo contou com a presença de diferentes autorides | Foto Divulgação

"Todos estão muito animados com a novidade. Acredito que dentro de dois anos, teremos resultados efetivos desse investimento, será um divisor de águas na educação. Isso está trazendo os alunos, que já são tecnológicos, para mais perto da escola e mudando o jeito de ter aula, aprender e ensinar", observa Jung.

Ainda nesta área, o secretário fala sobre a construção de cinco salas de inovação nas seguintes escolas: Atayde Machado - que é a primeira a ser contemplada -, Alberto Bauer, Anna Töwe Nagel, Maria Nilda Salai e Santo Estevão.

No espaço, haverá uma bancada com computadores, impressora 3D e outras ferramentas que possibilitem a pesquisa e desenvolvimento dos estudantes. Cada uma custará cerca de R$ 70 mil.

O projeto de robótica também será ampliado em mais quatro escolas, além de ser implantado para alunos com idade a partir dos 7 anos. "Queremos começar com os pequenos para eles irem se identificando e criando essa cultura desde cedo", aponta.

Uniformes e compra de vagas

No ano que vem, a rede municipal irá novamente distribuir uniformes escolares no primeiro dia de ano letivo. Conforme Jung, o material do agasalho não será mais em tactel e sim, de helanca. O kit será formado por duas camisetas, duas bermudas e agasalho, com casaco e calça.

Em relação à compra de vagas para a educação infantil na rede privada, o secretário explica que o Município ainda está aguardando ofertas. Apenas 70 foram propostas este ano.

"Acredito que em 2020, se houver demanda, compraremos até 400 vagas. Muitos empresários estão nos procurando com interesse", pontua.

Melhorias na estrutura

Outro destaque na rede municipal de educação são as obras de melhorias. Cinco escolas já foram reformadas e quatro estão em obras, somando recursos de cerca de R$ 3,8 milhões.

Além disso, o Município adquiriu o antigo prédio da Dente de Leite por R$ 1,3 milhão, onde será aberto o maior centro infantil destinado a berçário e maternal. O local deve conter dez salas e atender cerca de 150 crianças.

A Escola Padre Alberto Jacobs é mais uma que será ampliada. Quatro licitações de reforma estão em andamento, com um investimento total aproximado de R$ 6,6 milhões.

Veja alguns dos investimentos

Entregues

  • CMEI Maria Kiatkoski
  • CMEI Eliane Kreutzfed
  • Escola de Educação Básica Erich Bloesfeld
  • CMEI Gustavo Mathedi
  • Escola de Educação Básica Francisco de Paula

Obras iniciadas

  • Riciere Marcatto
  • Jonas Alves
  • Henrique Heise
  • Gertrudes Milbratz

Aquisição

  • Prédio da Dente de Leite,
  • Terreno ao lado da Padre Alberto Jacob

Projeto contratado

  • Albano Kanzler

Em Licitação

  • Adelino Francener
  • Antônio Estanislau Ayroso
  • Anna Towe Nagel
  • Mas Schubert

Também vão passar por obras

  • Maria Nilda Salai
  • Rodolpho Dornbusch
  • Dente de Leite
  • Vitor Meirelles
  • Padre Alberto Jacobs
  • Jader Marcolla

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger