Focada na melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados à população, a BRK Ambiental, concessionária responsável pelo esgotamento sanitário em Blumenau, adotou a utilização de drones para modernizar os processos e ampliar os indicadores de cobertura do serviço de tratamento de esgoto na cidade.

Em comparação ao método tradicional, o drone é considerado mais ágil e eficiente, já que permite cobrir áreas amplas e de difícil acesso, garantindo um nível de detalhamento com maior precisão, melhores análises geotécnicas, maior qualidade dos dados obtidos e mais segurança aos profissionais.

Segundo a empresa, o uso do drone foi eficaz na elaboração do projeto de ampliação da rede de esgoto na rua Belo Horizonte e transversais, no bairro da Glória, e nas transversais da rua São Valentim, no bairro Itoupava Norte. Nessas regiões, serão implantados mais 13 km de redes coletoras e quatro estações elevatórias de esgoto, beneficiando 1.600 famílias.

 

“Temos o compromisso de aprimorar as ações para garantir a evolução e a qualidade dos serviços prestados em Blumenau. Para isso, buscamos constantemente tecnologias e ideias inovadoras, equipamentos e soluções que sejam capazes de oferecer algo a mais para nossos clientes”, explica o diretor da BRK Ambiental em Blumenau, Cleber Renato.

 

A concessionária salienta que os trabalhos com drones são realizados com as devidas autorizações da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que regulamenta a utilização dos equipamentos de forma segura no espaço aéreo.

Desde 2010, quando as obras de implantação da rede de esgoto começaram em Blumenau, a BRK Ambiental ampliou a cobertura de esgotamento sanitário de 4% para mais de 46%, o que significa que, atualmente, 21 dos 35 bairros da cidade já contam com a disponibilidade dos serviços.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: