Como você quer ver Jaraguá do Sul daqui a dez anos?”. Essa é a pergunta que move o documentário Jaraguá 2026, com estreia marcada para acontecer durante as comemorações pelos 150 anos do município. O material já está sendo produzido, o primeiro episódio foi lançado na segunda-feira (25), quando Jaraguá do Sul festejou 140 anos. A iniciativa, uma produção do Escritório de Cinema, tem o objetivo de retratar as mudanças pelas quais a cidade passará, nos diversos setores - economia, obras, cultura - ao longo desses anos, sempre contando com a participação direta da comunidade. De acordo com o diretor do filme Gilmar Moretti, a ideia é que registrar todas as iniciativas que tentam promover uma Jaraguá do Sul melhor. “Estamos com um projeto sério, que será lançado na semana do dia 25 de julho de 2026, mas, até lá, abrimos um canal para que todos colaborem”, diz. A ideia de ter o centenário da cidade abrindo o primeiro episódio do documentário foi justamente porque, segundo Moretti, aquele foi um ano “divisor de águas” para o município. “Foi um momento muito importante, que ajudou a cidade a pensar diferente, ocorreu uma série de coisas que apontaram para uma nova identidade para a cidade. Claro que mostramos rapidamente no vídeo, mas aquilo nos trouxe as perguntas: Como a cidade estará daqui a dez anos? Como queremos que ela esteja e o que faremos nesse contexto?”, explica. O documentário é um projeto feito e pensado, justamente, em longo prazo, porém, a cada ano serão feitas ações que remetam ao trabalho. Ele será montado em 2025 e lançado no ano seguinte. “Vai ser o resultado da trajetória desses anos, da contribuição das pessoas para a história de Jaraguá do Sul e a forma como a cidade estará se desenhando”, enfatiza Moretti. Quem quiser contribuir com sugestões e acompanhar o desenvolvimento do projeto pode acessar a página facebook.com/jaraguadosul2026. Salvar