Dia 1º de dezembro é comemorado o dia internacional de combate ao HIV. O vírus teve seus primeiros casos descobertos em meados de 1981, e desde então a medicina já evoluiu muito. Anteriormente os remédios antiretrovirais continham um alto número de comprimidos e mais efeitos colaterais, hoje há tratamentos que podem ser feitos com um ou dois medicamentos e menos efeitos colaterais.

Apesar dos avanços e da gratuidade do tratamento disponível no SUS Municipal, há ainda muitas pessoas que abandonam ou não iniciam o tratamento. A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde criou desde 2018, o “Projeto Vinculadores”, que entra em contato com as pessoas vivendo com HIV/aids e que estão em atraso para pegar o medicamento incentivando para que iniciem ou reiniciem o tratamento.

Ao fazer tratamento contínuo para a doença a pessoa vivendo com HIV pode se tornar intransmissível, ou seja ela não mais irá transmitir o HIV para outra pessoa. O uso dos medicamentos traz qualidade de vida não só para quem tem o vírus, mas para quem ela se relaciona.

Onde fazer testes

No Município é possível fazer testes para todas as Infecções Sexualmente Transmissíveis em toda rede de saúde municipal. Há ainda a possibilidade de solicitar um autoteste totalmente gratuito, entregue pelos Correios por meio do site. Somente de maio até agosto deste ano foram 510 testes de HIV distribuídos desta maneira.

Tratamentos disponíveis

Em todos os Centros de Saúde de Florianópolis e nas Unidades de Pronto Atendimento, UPAS 24h, é possível acessar a PEP, Profilaxia Pós-Exposição, que são os medicamentos antirretrovirais para pessoas que tiveram um possível contato com HIV. Há também a oferta da PrEP, Profilaxia Pré-Exposição, na Policlínica do Centro, que é quando as pessoas com maior risco de infecção pelo HIV tomam um medicamento diário para prevenção do HIV.

 

Atendimento

Nas quatro Polínicas do Município estão os Centros de Testagem de Resposta Rápida. Nos locais, os enfermeiros e infectologistas oferecem testes rápidos e inicio imediato do tratamento.

Entre em contato com o WhatsApp da equipe dos Centros de Testagem de Resposta Rápida

  • Centro (48) 99121-5517
  • Continente (48) 99959-3242
  • Sul (48) 99603-4203
  • Norte (48) 98849-4499.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp