O mês de julho começou e, para muitos, ele vem acompanhado de férias. Como normalmente os dias de folgas são reduzidos, a opção é curtir algum destino próximo de Jaraguá do Sul. Entrando no clima do inverno, o jornal O Correio do Povo separou três destinos para você curtir com a família e amigos, aliando boas experiências gastronômicas, belas paisagens e momentos de lazer.

Rio dos Cedros - 55 quilômetros de distância

RIO DOS CEDROS (1) Situado a mil metros acima do nível do mar, Rio dos Cedros é um dos encantos do Vale Europeu. O município reúne em sua paisagem montanhas, rios, lagos e cachoeiras, aliando opções de ecoturismo e esportes de aventura. A Região dos Lagos, que se formou após os rios Bonito, Palmeiras e Cedros serem represados para abastecer usinas, atrai diversos turistas que mantêm um contato saudável com a natureza. Aliada a toda essa beleza, está a manutenção das tradições e cultura dos colonizadores da cidade que formam outro atrativo turístico do local, como os pratos coloniais e artesanatos de vime. Quando for a Rio dos Cedros, a dica é visitar a Cachoeira Gruta do Índio, Barragem do Pinhal em Alto Cedros, Barragem Rio Bonito em Palmeiras e a Região dos Lagos.

Serra do Rio do Rastro - 385 quilômetros de distância

serra-do-rio-do-rastro-3 Considerada uma das estradas mais bonitas do país, a Serra do Rio do Rastro é uma das paisagens catarinenses que atrai a maior quantidade de turistas, principalmente, nesta época do ano. Ela fica na cordilheira da Serra Geral a cerca de 1.460 metros acima do nível do mar, entre as cidades de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra. Suas curvas, cercadas pela Mata Atlântica, preservam uma beleza sem igual. São mais de 12 quilômetros de extensão e paisagens que formam um dos cartões postais mais famosos do Estado. Toda a beleza da Serra pode ser vista de um mirante, situado a 11 quilômetros do centro de Bom Jardim da Serra. Na região existem 35 cachoeiras, 14 rios e nove cânions. Em 2012, um jornal espanhol apontou o local como uma "estrada espetacular" e em abril de 2015, o feito se repetiu. Desta vez, leitores do jornal britânico The Guardian escolheram o local como um dos mais espetaculares do mundo - ocupando a 5ª posição.

São Joaquim - 330 quilômetros de distância      

são joaquim villa-francioni-49 O cultivo de maçãs e a beleza da cidade quando o frio chega são pontos conhecidos de São Joaquim. Porém, outro item que atrai turistas de todo o país para a cidade catarinense são as vinícolas. O local é o destino exato para quem deseja aliar o turismo - conhecendo belas paisagens e desfrutando dos dias gelados, às vezes, até acompanhado de neve - e a apreciação do sabor e aroma dos vinhos, uma das tradições de São Joaquim. A Vinícola Villa Francioni oferece um passeio que dura uma hora e meia e termina com uma aula de degustação. No item gastronomia, vale a pena experimentar os pratos típicos, como o arro carreteiro, a paçoca de pinhão e muito churrasco de frescal, além de um cardápio variado à base de maçã e muitas frutas in natura. A Igreja Matriz São Joaquim, os Museus Histórico Municipal e de Arte, além do Snow Valley – com diversos atrativos como esportes de aventura - são outros pontos altos do turismo na cidade.