Seis novas máquinas de hemodiálise, adquiridas pela Fundação Pró-Rim de Joinville, irão atender 18 pacientes a mais por dia a partir de agosto.

Os equipamentos foram comprados com a emenda de R$ 300 mil, destinada pelo deputado federal Hélio Costa. A previsão aponta o início da operação dos aparelhos dentro de 40 dias na unidade de Balneário Camboriú.

O deputado federal visitou nesta sexta-feira (2) a matriz da Fundação, no Norte do Estado, e em conversa com o presidente da instituição, o médico Marcos Vieira, prospectou novo apoio em forma de emenda para 2022.

“O trabalho da Fundação Pró-Rim é espetacular. São quase quatro décadas de serviços prestados com um único objetivo: salvar vidas. Sensível à causa, ajudei com um primeiro aporte e vamos continuar ajudando o povo que vem aqui, que é aquele que usa o SUS”, disse.

Com esses seis aparelhos obtidos via recursos federais, a Fundação vai realizar 600 novos atendimentos por mês. A unidade já executou 700 transplantes de rim em moradores de Joinville e, ao longo dos 35 anos de atividade, cerca de 1.800 transplantes envolvendo o Brasil inteiro.

A Pró-Rim atende 2 mil pessoas por mês em exames de hemodiálise, pré-transplante, pós-transplante, exame ambulatorial e cirurgias de implante vascular, além do trabalho nas áreas de nutrição, psicologia e assistência social.

Cerca de 99% dos pacientes são oriundos do SUS. Anualmente, a Fundação realiza mais de 100 mil sessões de hemodiálise.