Com o aumento do volume de chuvas nas últimas horas em toda a região, o Coordenador da Defesa Civil de Nova Veneza, Carlos Luciano Savi, junto com a Secretaria de Obras, realiza o monitoramento de todos os rios que banham o município. De acordo com o alerta estadual, o volume de chuva pode ser superior a 300 milímetros até esta quarta-feira (4).

 

Segundo o coordenador, os níveis dos rios aumentaram bastante nas últimas horas. "Estamos monitorando todos os rios. O rio Cedro teve transbordamento em alguns locais e hoje é o que inspira mais atenção da população que mora próximo. O Rio Dandolo também aumentou o seu nível normal e estamos em constante monitoramento, porque já temos algumas ruas alagadas. Ainda tivemos alagamento de uma rua no bairro Bortoluzzi", explica Savi.

 

De acordo com o monitoramento do município, nas últimas 24 horas ocorreu uma precipitação média de 102 milímetros na região do Rio Cedro Médio e 84 milímetros na região do Distrito de Caravaggio. "Esse volume corresponde, em situações normais, a dois meses de chuva, por isso alertamos a população dos riscos de alagamentos e deslizamentos", alerta.

 

A prefeitura também está nas ruas com a equipe da Secretaria de Obras para realizar trabalhos de prevenção. "Estamos em alerta e pedimos à população que também fique atenta aos níveis dos rios que passam perto de suas residências e nos comuniquem para que possamos auxiliar o mais rápido possível", comenta o coordenador.

 

A população pode entrar em contato com a Defesa Civil do município através do número 3471.1767, que também pode ser acionado pelo whatsapp.

 

Nova Veneza suspende aulas da rede municipal de ensino

A Prefeitura de Nova Veneza, por meio da Secretaria de Educação, comunica que as aulas da rede municipal de ensino estão suspensas entre a tarde desta terça-feira (3) e nos períodos matutino e vespertino de quarta-feira (4). A decisão foi tomada em conjunto com a coordenadoria da Defesa Civil do município, devido ao grande volume de chuvas que afeta toda a região.

 

"Toda a região está sendo afetada pelas chuvas e por este motivo decidimos, por recomendação da Defesa Civil, suspender as aulas. Vamos garantir a segurança dos alunos, pais e profissionais da educação", comenta a Secretária de Educação, Herica Felisberto.