A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu novo alerta onde reforça atenção para chuvas e temporais durante esta sexta-feira (1º) e sábado (2) em todo o estado.

Entre a sexta-feira (1º) e a noite de sábado (2), a presença de áreas de baixa pressão atmosférica em superfície associadas ao fluxo de umidade direcionado da região amazônica para o estado fornece condições para chuvas em toda Santa Catarina, por vezes em forma de temporais isolados.

Estas chuvas devem ser volumosas, especialmente pelas regiões em laranja do mapa, com acumulados entre 50 milímetros e 80 milímetros, pontualmente podendo passar dos 100 milímetros.

O risco é alto nas áreas em laranja e moderado nas áreas em amarelo do mapa para ocorrências associadas a chuva intensa como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e temporais podem causar descargas elétricas, rajadas de vento e chuva de granizo.

Foto: Divulgação/Defesa Civil.

Estado de emergência

A prefeitura de São Cristóvão do Sul, no Alto Vale do Rio do Peixe, vai decretar situação de emergência conforme informou a prefeita Ilse Amélia Leobet. Cerca de 80% da cidade foi atingida pela tempestade de granizo na noite da quinta-feira (30).

Os moradores tiveram a cobertura de suas residências danificadas e algumas totalmente destruídas. Um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) será montado para auxiliar as famílias do município.

Um abrigo está sendo organizado para a distribuição de lonas, alimentos e mantimentos.

A Defesa Civil Estadual está no município para cadastrar moradores que necessitam de telhas. As aulas da rede municipal de ensino foram suspensas nesta sexta-feira (1).

Recomendações

Conforme a Defesa Civil, alguns cuidados durante temporais podem evitar transtornos. A recomendação é que as pessoas evitem ficar em locais abertos, ou embaixo de árvores ou objetos que possam ser arremessados com o vento.

O órgão também destaca que é importante evitar contato com tubos metálicos, grades, e cabos de energia elétrica que estejam expostos.

Em caso de raios, aparelhos elétricos devem ser desligados. Outra recomendação importante é buscar um lugar seguro para se abrigar e esperar a tempestade passar.

Situações de emergência podem ser informadas para a de Defesa Civil, pelo telefone 199, ou aos Bombeiros Voluntários, pelo 193.