Rendeu mais uma ação efetiva da deputada estadual Paulinha (sem partido) o encontro com representantes da Central Única das Favelas (Cufa), de Criciúma.

Ela protocolou uma indicação solicitando ao governador do Estado de Santa Catarina a viabilização de recursos financeiros para auxiliar na manutenção do trabalho da Central Única das Favelas (Cufa), que está desenvolvendo um programa social de distribuição de cestas básicas mensais para mais de 15 mil famílias carentes em Criciúma.

Em roteiro pelo Sul do Estado, Paulinha se encontrou com representantes da entidade e ficou sensibilizada com o trabalho social desenvolvido por eles.

“Eles realizam a distribuição de mais de 15 mil cestas básicas mensais”, disse, comentando que com a pandemia, mesmo com a parceria selada com empresas locais, essa ação não está sendo suficiente para suprir a necessidade de todos.

“Portanto solicito a viabilização de recursos financeiros para auxiliar na manutenção deste trabalho”, afirma.

Ela ainda enumera como justificativa o fato da Cufa (Central Única das Favelas) ser uma organização brasileira reconhecida nacional e internacionalmente nos âmbitos político, social, esportivo e cultural que existe há 20 anos.

A Cufa promove atividades nas áreas da educação, lazer, esportes, cultura e cidadania, como grafite, DJ, break, rap, audiovisual, basquete de rua, literatura, além de outros projetos sociais. Além disso, promove, produz, distribui e veicula a cultura hip hop através de publicações, discos, vídeos, programas de rádio, shows, concursos, festivais de música, cinema, oficinas de arte, exposições, debates, seminários e outros meios.

São as principais formas de expressão da Cufa e servem como ferramentas de integração e inclusão social.