O Município de Criciúma solicitou junto a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), ainda no início do mês, a ampliação no horário de atendimento de agências bancárias e lotéricas para evitar a disseminação da Covid-19 no município. Até o momento, nenhuma resposta foi enviada ao Executivo.

Para tentar evitar as filas e aglomerações que são constantes nestes estabelecimentos, o município tem fiscalizado as agências e promete intensificar as visitas a esses locais. "Nós já notificamos dois dos bancos que aglomeram pessoas, que geram essas filas e nós vamos inclusive ampliar a fiscalização nesses locais onde ainda existem aglomerações", afirma o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

O Sindicato dos Bancários de Criciúma emitiu nota repudiando o pedido de ampliação nos horários de atendimento. "É impressionante como essa questão de categoria defende uma causa sem analisar as consequências. Nesse caso, sem analisar que o próprio servidor do banco pode estar correndo o risco de contaminação", rebateu o secretário.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul