Com o objetivo de estimular a população masculina a cuidar da própria saúde, o Governo de Criciúma está preparando uma série de atividades a serem desenvolvidas durante a campanha “Novembro Azul”, que iniciará nesta terça-feira (1º).

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Criciúma, por meio da Gerência de Atenção Primária em Saúde e o Núcleo de Educação Permanente em Saúde e Humanização (NEPSHU), irão intensificar a oferta de diversos serviços e ações educativas, facilitando o acesso e acolhimento com qualidade aos homens.

 

O secretário de saúde Acélio Casagrande informa que a campanha será realizada com o intuito de informar que cuidar da saúde também é coisa de homem.

 

“A proposta da secretaria é levar todos, tanto profissionais de saúde quanto a população em geral, a refletirem sobre a participação dos homens nas ações de promoção à saúde numa perspectiva de formação de vínculos com as unidades do seu território e de acompanhamento constante do usuário ao longo do tempo, não apenas durante a campanha”, afirma.

 

O secretário ainda explica que esse esforço é feito todos os anos para mudar uma característica comum da população masculina, que não procura atendimento na rede de saúde durante a rotina. Esse acompanhamento é de extrema importância porque pode prevenir, dentre outros agravos, o desenvolvimento do câncer de próstata.

 

Atenção ao câncer de próstata

 

Os homens próximos ou com mais de 50 anos devem ter atenção ainda mais especial com a saúde. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre o sexo masculino (atrás apenas do câncer de pele não melanoma), informa a Gerente de Atenção Básica, Eliane Salib.

 

“Com maior incidência entre a população mais velha, a doença tem como sintomas a necessidade de urinar mais vezes, dificuldade para iniciar ou parar o fluxo urinário, jato urinário fraco ou sensação de esvaziamento incompleto da bexiga, além dos fatores genéticos, evidenciados por casos em familiares. Portanto, é fundamental que todos os homens nessa faixa etária procurem os especialistas na saúde masculina”, completa Salib.

 

Cuidado em todas as idades

 

Além de realizar o acompanhamento nas idades de risco, as boas práticas ligadas à saúde masculina devem acontecer em todas as idades. Aferir a pressão com frequência e acompanhar o colesterol são ações importantes para evitar doenças crônicas como a diabetes e a hipertensão, que também acomete muitos homens.

 

“A prevenção de doenças em qualquer idade se faz necessária com hábitos saudáveis, alimentação balanceada, práticas regulares de exercícios físicos e outros cuidados rotineiros”, finaliza Salib.