Mais um passo foi dado nesta quarta-feira (20) por Criciúma na busca por uma cidade-irmã nos Estados Unidos. O secretário coordenador do Comitê Gestor, Nícola Martins, participou de reunião on-line com a diretora executiva da Sister Cities Association of Pittsburgh, Kathy Risko, onde foram trocadas informações sobre as cidades e também os procedimentos para a oficialização da irmandade entre as cidades.

“Foi uma conversa bastante produtiva e agora vamos preparar a documentação necessária, bem como os representantes americanos. Queremos estreitar os laços e buscar um parceiro que possamos fazer intercâmbio cultural, educacional e tecnológico”, explicou o secretário Nícola Martins.

Nas cidades irmãs, também existe cooperação internacional para intercâmbio político e econômico. Pittsburgh foi a cidade indicada por ter cerca de 300 mil habitantes, sua economia teve como base a extração mineral, é um forte polo educacional e atualmente foca sua economia em tecnologia e inovação. “Queremos trocar experiências e cases em mobilidade urbana e também expansão de negócios entre as empresas criciumenses e estadunidenses”, completou Nícola.

Nas próximas semanas, a documentação será providenciada e nova reunião ficou programada para agosto.