Nesta segunda-feira, a Vigilância em Saúde de Criciúma informou a faixa etária e os bairros das vítimas da Covid-19.

Apesar de a maioria ser idosos, as complicações fatais do coronavírus vitimaram criciumenses das mais diversas faixas etárias.

O Centro é o local que mais perdeu moradores para a Covid: foram 64.

Hoje, a cidade soma 452 óbitos por conta da pandemia.

Confira