Mais de 30 mil pessoas já foram imunizadas contra a gripe em Criciúma durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começou no dia 23 de março.

Agora, na segunda etapa da campanha, estão sendo imunizados militares, policiais civis, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, agentes penitenciários, pessoas privadas de liberdade, pacientes com comorbidades e idosos.

A vacina segue em estoque na rede municipal de saúde.

“Idosos e trabalhadores da saúde já ultrapassaram 100% da cobertura. Crônicos estão comparecendo. Os agentes penitenciários e pessoas privadas de liberdade já estão agendados”, informou a técnica em Enfermagem do Setor de Imunização do município, Kelli Barp Zanette.

A orientação é que as pessoas verifiquem como está sendo feita a vacinação na sua unidade, que pode ser por agendamento ou demanda espontânea.

Orientações para caminhoneiros e pessoas com comorbidades

Os caminhoneiros devem apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e procurar a unidade de saúde do seu bairro.

Já as pessoas com comorbidades devem apresentar algum tipo de comprovante como requisição médica atualizada, receituário médico comprovando medicação atualizada ou cartão de vacinação com registro de vacinas da gripe com doses de anos anteriores.

Terceira etapa começa na próxima semana

A partir do sábado, dia 9 de maio, começa a terceira e última etapa da campanha de vacinação contra a Influenza.

Nesta fase, serão imunizadas as crianças menores de seis anos, gestantes, professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos.

Também no dia 9 ocorre o Dia ‘D’ de mobilização nacional, onde as salas de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ficam abertas durante o sábado, em horário especial, em todo território nacional.

A campanha encerra em 22 de maio.