Um grupo de alunos da Educação Infantil da Escola Municipal Professor Ulisses Falcão Vieira, em Curitiba (PR), resolveu escrever uma carta de apelo a ladrões. O motivo: a escola havia sido furtada pela quarta vez em 30 dias.

Com a ajuda da professora, as crianças escreveram a carta, pedindo para que os bandidos não levem mais os pertences da escola. Eles dizem ainda que os roubos os deixam “tristes”.

“Não pegue as nossas coisas, ou vamos ficar sem nada”, apelam as crianças.

Leia, a seguir, a carta na íntegra:

"Senhor Ladrão

Não roube a nossa escola, você nos deixa triste. Não pegue as nossas coisas, ou vamos ficar sem nada. A parede lá fora (pátio) ficou vazia e na hora do soninho não tem mais TV. Se você roubar mais, o Ulisses não vai ser mais o Ulisses, não será mais nada. Não vamos mais ter o que fazer, vamos ficar sem escola.

Você deveria devolver nossas coisas para ser nosso amigo e proteger nossa escola. Se você roubar nossas coisas a polícia vai te prender e não vai ser nossa culpa.

Ass: crianças da Educação Infantil CEI Prof. Ulisses Falcão Vieira. Abelha, colmeia, girassol, flor amarela e pedra mágica.”

Foto: Reprodução

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger