A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Educação (Semed), em parceria com o Hospital Santo Antônio, desenvolve o programa permanente de Pedagogia Hospitalar “Amanda Carolina Kuodrek". É através deste programa que estudantes de Blumenau e de outros municípios, hospitalizadas na Pediatria do Hospital Santo Antônio, recebem acompanhamento pedagógico durante a permanência na instituição hospitalar.

Durante o período de tratamento, são realizadas diversas atividades, desenvolvidas de acordo com as suas capacidades e condições clínicas, em acompanhamento com o conteúdo praticado nas escolas onde estão matriculados, de forma que não tenham o ano letivo prejudicado.

Criada em 2016, por meio do Decreto nº10. 989 de 22 de junho, o Programa Pedagogia Hospitalar “Amanda Carolina Kuodrek” já atendeu em seis anos cerca de 2.891 crianças e adolescentes da rede municipal, estadual ou particular de ensino, internados no Hospital Santo Antônio.

Os professores utilizam dispositivos tecnológicos contemporâneos como lousa digital, tablet e play table para qualificar o atendimento e torná-lo de fácil assimilação e interativa. Os estudantes/pacientes desenvolvem na classe ou em seus leitos atividades pedagógicas como: leitura, escrita, problemas matemáticos, artes visuais, teatro e música, tendo como base o currículo da Educação Básica do Sistema Municipal de Ensino de Blumenau, sempre levando em conta as suas capacidades, condições clínicas e necessidades individuais. Ao final da internação, um relatório é enviado para a escola onde o paciente está matriculado.

Para a secretária de educação, Patrícia Lueders, o programa “Amanda Carolina Kuodrek” de Pedagogia Hospitalar, atende a necessidade de assegurar que os estudantes não tenham prejuízos escolares durante o período de tratamento. “Por meio deste projeto evitamos a evasão escolar, além de oferecer um atendimento educacional de qualidade aos estudantes e realizar a troca de saberes. As professoras realizam atividades de leitura, escrita, cálculos e oficinas de artes, proporcionando a continuidade dos conhecimentos oferecidos em sala de aula”, afirma.

O programa de Pedagogia Hospitalar, desenvolvido pela Secretaria de Educação em Blumenau, é reconhecido nacionalmente pelos resultados que tem proporcionado na qualidade de vida das crianças e dos adolescentes que passam pelo hospital.

Em 2017 o programa foi contemplado com uma menção honrosa do Senado Federal, por ter ficado entre os dez finalistas do prêmio Darcy Ribeiro, criado para valorizar boas práticas educacionais desenvolvidas em todo o país. Também foi tema de um artigo publicado em um livro sobre o assunto, organizado por professores da PUC do Paraná e da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

O município de Blumenau investe por ano no programa cerca de R$ 140 mil reais, cedendo duas profissionais pedagogas para atuar dentro do hospital. Neste ano, 300 crianças e adolescentes foram beneficiadas pelo programa permanente de pedagogia hospitalar “Amanda Carolina Kuodrek”.

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.