Santa Catarina está há mais de três meses sem registrar casos de pacientes com Covid-19 aguardando transferência para leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A última vez que houve fila de espera foi no dia 3 de agosto de 2021, ou seja, 110 dias atrás. Os dados são da Secretaria da Saúde,

Para o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, o número demonstra o esforço que o governo estadual vem tendo no enfrentamento à pandemia, com a ampliação de investimentos, abertura de leitos e o cumprimento do calendário vacinal.

"Todos nós entendemos que a porta de saída desta pandemia é a vacina. Quanto mais vacinarmos, menos casos graves teremos, menos óbitos e menos internações. Nós estamos hoje avançando na vacinação e colhendo os frutos como sociedade, como povo catarinense", destacou Motta Ribeiro.

Desde que a Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria da Saúde começou a divulgar os dados, no dia 20 de março, é o período mais longo em que a fila está zerada para transferências nas regionais.

Nesta semana, de acordo com último registro no site, há 237 pacientes com Covid-19 registrados em UTI, dos 1.576 leitos ativos. Ao todo, há 527 leitos disponíveis em Santa Catarina.