Nesta quarta-feira (30), o Reino Unido aprovou a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo grupo britânico AstraZeneca e a Universidade de Oxford.

A autorização vai acelerar a campanha de vacinação contra a pandemia e a expectativa é que elas comecem a ser aplicadas na próxima segunda-feira, dia 4 de janeiro.

A vacina da Oxford é uma das quatro testadas no Brasil. A produção no país será feita pela Fiocruz, mas ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Esta é a segunda vacina aprovada pelos britânicos. A primeira foi a Pfizer, que já começou a ser aplicada no Reino Unido.

Agora, ao invés de dar as duas doses das vacinas com intervalo de 3 semanas, todos receberão a segunda dose dentro de 12 semanas após a primeira.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul