O mapa de risco de contágio da Covid-19 ampliou para mais regiões catarinenses em seu nível máximo.

Agora, Santa Catarina tem 12 regiões avaliadas como gravíssima no panorama do novo coronavírus.

Dentre elas, segue a Região Carbonífera, pela terceira semana consecutiva e o Extremo Sul catarinense, em sua segunda semana, como gravíssimas.

A Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel), a primeira do Sul catarinense a ingressar no mapa, passou, na semana passada, de gravíssima para grave e segue nessa posição.

Orientação

A chamada Avaliação do Risco Potencial para Covid-19 visa orientar a regionalização e descentralização das ações relacionadas à contenção da pandemia em Santa Catarina.
Os níveis de risco são calculados a partir da combinação de 8 indicadores em 4 dimensões de prioridade de atuação local, que são:
  • Isolamento Social
  • Investigação, testagem e isolamento de casos
  • Reorganização de fluxos assistenciais e
  • Ampliação de leitos

Conforme o Risco Potencial para saúde de cada Região de Saúde, um conjunto de medidas é apresentado ao final.

O monitoramento é semanal e a divulgação da classificação das regiões ocorre às quartas-feiras.

A Região Carbonífera e o Extremo Sul catarinense atingem o nível 4, o máximo, em três requisitos, apontando como prioridades a ampliação de leitos, a investigação, testagem e isolamento dos casos e o isolamento social.

A reorganização dos fluxos assistenciais está como propriedade em nível 1.

Expectativa

A expectativa, assim como vem ocorrendo pós avaliação, é de que o governador Carlos Moisés estenda o decreto de ampliação das medidas de isolamento social nas regiões reclassificadas.

As restrições preveem a suspensão do transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal de passageiros, por mais 14 dias a partir da data estipulada, a concentração e permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praças e praias e o adiamento das aulas presenciais.

Orientações e medidas a serem tomadas, clique AQUI!

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul