Uma mulher, que deu entrada em um hospital da região apresentando complicações cardíacas e morreu, é a primeira vítima fatal por Covid-19, em Maracajá.

O resultado do exame do material colhido após o óbito foi divulgado pelo Lacen nesta terça-feira e encerra a suspeita sobre a ocorrência, informou a equipe da Vigilância Epidemiológica do município.

Além desta ocorrência, o Lacen divulgou outros três exames positivos para Covid-19 de moradores de Maracajá, elevando para 50 os casos confirmados.

Casos

Nesta terça-feira, o município conta com 12 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, já que outras três completaram a quarentena e são consideradas “curadas”, que totalizam 37.

O avanço da pandemia em todo o estado preocupa cada vez mais as autoridades sanitárias.

O diretor de Saúde, Diogo Copetti, lamenta que já é possível constatar certo relaxamento nos procedimentos de prevenção à contaminação e a proliferação do novo coronavírus em Maracajá.

“Nossa região está em situação gravíssima”, relembrou Copetti.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul