Até o final da próxima semana, o Hospital São José, de Criciúma, terá, caso haja necessidade de uso, mais dez leitos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), disponíveis para o tratamento da Covid-19.

A habilitação para utilização dos leitos foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial.

Porém, mesmo antes de sair a habilitação oficial, o hospital já estava com a área pronta para uso com ventiladores, camas e monitores, mas com dificuldades para contratação de novos colaboradores, devido à falta de profissionais na região.

O HSJosé, com os novos leitos de UTI já em funcionamento, capacitou mais de 100 colaboradores para estas novas áreas, com 30 leitos.

“No último fim de semana, a equipe foi ampliada e estava capacitada para o atendimento. Com isso, colocamos em funcionamento dois novos leitos, mesmo sem a habilitação. Para os outros oito leitos, estamos já com o quadro de funcionários quase completo”, ressalta o diretor técnico e médico infectologista do HSJosé, Raphael Elias Farias.

Equipe

De acordo com o especialista, para cada dois pacientes internados em leitos de UTI, o ideal é que quatro técnicos de enfermagem estejam à disposição para atendimento.

Desta forma, para os dez leitos são necessários 20 técnicos de enfermagem, além dos demais profissionais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, higienizadoras, entre outros.

Desde o início da pandemia, o HSJosé colocou à disposição 18 leitos de UTI para tratamento exclusivo da Covid-19, e após, já ampliou mais dez leitos, todos em funcionamento.

Devido à demanda de pacientes, a direção da entidade fez a solicitação de mais dez leitos de UTI para tratamento da Covid-19 e a aprovação foi oficializada ontem.

Desta forma, o hospital terá um total, agora, de 38 leitos de UTI SUS para tratamento de pacientes acometidos com a Covid-19 e que necessitem de internação em UTI.

“A habilitação dos leitos foi um esforço conjunto do HSJosé, junto à Prefeitura de Criciúma e Secretaria do Estado da Saúde. O Governo, Federal e Estadual, disponibilizaram respiradores e o município e o HSJosé adquiriram mais dez leitos de UTI. Mesmo a regulação sendo feita pelo Estado, ainda há muitas dificuldades, porque a regulação é estadual e as pessoas acabam vindo de outras regiões”, comenta o Secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande.

Na região

Ainda segundo o secretário, um grande esforço é realizado junto a outras instituições e aos governos, Estadual e Federal, para que leitos de UTI sejam habilitados também em outros hospitais da região.

Internações

Nesta quarta, o HSJosé possui 29 pacientes em leitos de internação de UTI.

Destes, 23 pacientes testaram positivo para Covid-19 e seis aguardam resultados de exames.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul