O Governo do Estado atualizou o mapa do risco potencial à Covid-19 das regiões de Santa Catarina.

Todas as regiões do estado estão em risco potencial Gravíssimo ou Grave para o novo coronavírus. Quinze regiões encontram-se em nível GRAVÍSSIMO. Na semana anterior, eram 13 no ápice da avaliação de risco.

Somente a região Extremo Oeste está em nível Grave. Com exceção das regiões do Alto Uruguai Catarinense e Foz do Rio Itajaí, as demais regiões estão classificadas com o nível Gravíssimo pela segunda semana consecutiva.

Confira o mapa

Ilustração/SES

A Grande Florianópolis superou a marca de 80 mil casos acumulados da doença, desde o início da pandemia, com 670 mortes registradas e lamentadas. A região região de 22 municípios e 1,2 milhão de pessoas segue como a que tem mais ocorrências da doença no Estado.

 

Confira os números

Ilustração/SES

 

A taxa de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) está em 81,5%, ou seja, dos 254 espaços oferecidos, 95 estão com pacientes Covid , 112 com pessoas com outras enfermidades e 47 estão livres.

Confira os dados

Ilustração/SES

Números pelo Estado

Santa Catarina tem 378.621 casos confirmados de Covid-19. Desses, 341.732 são considerados recuperados e 33.034 continuam em acompanhamento. A doença respiratória causou 3.855 óbitos no estado desde o início da pandemia. A taxa de letalidade é de 1,02%.

Já foram confirmados casos em todos os 295 municípios catarinenses e 243 cidades registraram pelo menos um óbito. Estima-se que haja casos ativos em 282 cidades. O local com a maior quantidade de pessoas que já contraíram Covid-19 é Florianópolis, com 33.344 casos. Em seguida, estão Joinville (32.142), Blumenau (20.620), São José (18.198), Criciúma (13.406), Palhoça (12.469), Balneário Camboriú (12.222), Itajaí (11.909), Chapecó (10.394) e Brusque (9.824).

 

Ilustração/SES

 

Dos 1.448 leitos de UTI existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 1.241 ocupados, sendo 609 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação é de 85,7% e há 207 leitos vagos atualmente.

Leia também

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp