O número de casos confirmados de Covid-19 em Criciúma aumentou significativamente e as internações hospitalares ultrapassaram o limite destinado a pacientes vítimas da pandemia.

Com o alerta, uma série de encontros com representantes de diversos segmentos da sociedade será realizada nesta terça-feira (24) para relembrar e reforçar a necessidade de cumprir as regras sanitárias, como uso de máscara e evitar aglomerações. As reuniões foram convocadas pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde. A Vigilância Sanitária irá repassar as informações atualizadas e externar as penas previstas para o descumprimento.

De acordo com a agenda, os encontros iniciam às:

  • 8h, com representantes de academias
  • 9h, bares e restaurantes
  • 10h, lojas de conveniências
  • 11h, entidades religiosas
  • 15h, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação Empresarial de Criciúma (ACIC)
  • 16h, com supermercadistas.

"Temos que nos conscientizar que depende de nós evitar a disseminação da doença. As regras existem e devem ser cumpridas. São vidas que estão em jogo", enfatizou o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

Fiscalizações

As fiscalizações seguem sendo feitas e serão ampliadas. No último final de semana, foram vistoriados aproximadamente 15 locais, entre restaurantes, pubs e igrejas.

O resultado final foi de cinco notificações, uma relação de 30% de irregularidade nas áreas averiguadas.

Durante as vistorias é analisado o cumprimento das regras sanitárias para a pandemia, além da parte estrutural de cada ambiente. Assim que o estabelecimento é notificado por Auto de Infração Sanitária, ele tem 15 dias para defesa. Após isso é feito um Processo Administrativo Sanitário, pelo setor jurídico do Município, que realiza o julgamento e aplica ou não a penalidade, podendo ser uma multa ou até mesmo a cassação de alvará.

De acordo com o Fiscal da Vigilância Sanitária, Samuel Bucco, a maioria das notificações é por limite excedente de pessoas em mesas, falta de distanciamento e aglomeração de pessoas, além de reincidência.

"Para a nossa satisfação, nessa última fiscalização que fizemos nos períodos noturnos, a maioria dos lugares estava seguindo as determinações do governo. Isso gerou poucas autuações", comentou.

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul