Junho ainda nem encerrou, mas já é o mês mais letal de toda pandemia de Covid-19 até o momento em Criciúma. Segundo a Vigilância Epidemiológica, mais cinco óbitos foram contabilizados nesta terça-feira, depois de retroavaliação do sistema.

As vítimas foram uma mulher, de 41 anos (28/04); dois homens, de 59 e 42 anos (18/06) e dois homens, de 61 e 41 anos, que não resistiram às complicações causadas pelo coronavírus.

No final da manhã havia sido informado outros dois óbitos. As vítimas foram dois homens, de 46 e 56 anos.

Com mais esses casos, a cidade soma 584 mortes devido à pandemia, sendo 85 delas somente nesses últimos 29 dias.

Abril havia sido até o então o mês mais mortal da pandemia na cidade, com 80 mortes. O mês anterior, maio, encerrou com o registro de 65 óbitos no mês na cidade.

Antes de abril, o número mais alto havia sido em dezembro do ano passado, quando foram contabilizados 75 óbitos. Outro número alto foi em março, quando foram 72 perdas para o coronavírus.