A Região Carbonífera segue considerada como gravíssima no mapa do Governo de Santa Catarina em relação ao novo coronavírus.

Apesar da continuidade na classificação, nenhuma medida mais restritiva deverá ser tomada na Amrec (Associação dos Municípios da Região Carbonífera).

Segue o decreto do Governo do Estado, como a suspensão do transporte coletivo por 14 dias, contando de segunda; o acesso a espaços públicos, como parques, praças e praias e o retorno das aulas presenciais para 7 de setembro. O decreto estadual previa para 3 de agosto.

Novidade

A novidade no Sul catarinense é que a Amurel (Associação de Municípios da Região de Laguna) saiu de gravíssima para grave e a Amesc (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense), foi também classificada como gravíssima.

Na região do Vale do Araranguá não há mais leitos de UTI disponíveis.

Em Criciúma, segundo o último boletim, de 92 hospitalizados, 58 eram de outros municípios ou mesmo até regiões.

A Região Carbonífera e o Extremo Sul catarinense atingem o nível 4, o máximo, em três requisitos, apontando como prioridades a ampliação de leitos, a investigação, testagem e isolamento dos casos e o isolamento social.

A reorganização dos fluxos assistenciais está como propriedade em nível 1, na Amrec, e 2, na Amesc.

Região Carbonífera

Extremo Sul

Orientação

A chamada Avaliação do Risco Potencial para Covid-19 visa orientar a regionalização e descentralização das ações relacionadas à contenção da pandemia em Santa Catarina.

Os níveis de risco são calculados a partir da combinação de 8 indicadores em 4 dimensões de prioridade de atuação local, que são:

  • Isolamento Social
  • Investigação, testagem e isolamento de casos
  • Reorganização de fluxos assistenciais e
  • Ampliação de leitos.

Conforme o Risco Potencial para saúde de cada Região de Saúde, um conjunto de medidas é apresentado ao final.

O monitoramento é semanal e a divulgação da classificação das regiões ocorre às quartas-feiras.

Números

Nos 12 municípios da Região Carbonífera, conforme o último boletim, são 3.561 casos confirmados, 1.932 curados e 45 óbitos.

No Extremo Sul catarinense são 1.040 casos confirmados, 689 curados e 19 óbitos.

Na Amesc

Em nome dos gestores municipais, o presidente da Amesc, prefeito de Balneário Gaivota, Ronaldo Pereira da Silva, explica que se mantém o consenso das medidas unificadas, sendo que a preocupação com as vidas faz com que os prefeitos busquem adequar seus decretos diante das medidas.

“Vamos seguir as recomendações feitas pelos técnicos do Comitê Extraordinário Regional, o CER, assim como este novo modelo de orientação dada pelo Governo do Estado para as áreas de risco gravíssimo. Vivemos duas crises simultâneas: uma crise na saúde que acarretou outra crise na economia. Acreditamos que trabalhar a prevenção minimize impactos dos dois lados. Vamos elaborar uma campanha regional voltada à prevenção e conscientização a fim de que se busque conter a contaminação ao se trabalhar os cuidados e se evite assim o fechamento dos comércios”, esclarece Ronaldo.

Leitos

Ele acrescenta que outra preocupação é fazer nova solicitação de leitos de UTI para o Governo do Estado.

Segundo o presidente da Amesc, os dados apontam que tem sido preocupante a contaminação entre familiares e amigos durante os momentos de lazer.

“Demanda muita consciência das pessoas e estamos vendo para enrijecer a fiscalização. Porque se fechar o comércio, ainda assim as pessoas realizam encontros com aglomero em casa ou saem para passear e, nesta hora, descuidam das medidas e os casos aumentam. É preciso ter consciência”.

Entre as medidas de recomendações atuais do CER está ênfase ao uso de máscara, evitar aglomeração e restrição dos horários de alguns estabelecimentos, como bares e conveniências.

Em âmbito estadual, homologado no Diário Oficial como área gravíssima, será preciso interromper algumas atividades, como o transporte coletivo, o que já ocorre na Amrec.

Orientações e medidas a serem tomadas, clique AQUI!


Leia também >>>
Covid-19: Região Carbonífera não adotará nenhuma medida mais restritiva

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul