A Matriz de Risco Potencial atualizada nesta quarta-feira, pela Secretaria de Estado da Saúde, apontou que Santa Catarina contabiliza apenas uma região em estado gravíssimo.

Outras dez regiões foram classificadas em estado grave, dentre elas todas do Sul catarinense, como a Associação de Municípios da Região Carbonífera (AMREC), Extremo Sul catarinense e a Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel), que estava gravíssima na ultima semana.

A AMREC chegou a ficar, por oito semanas consecutivas, como gravíssima.

Casos

No boletim de ontem, os 12 municípios da AMREC, juntos, somavam, 12.744 casos de infectados, sendo 11.570 curados e 183 óbitos.

"Risco alto"

A região do Extremo Oeste catarinense foi classificada como risco alto, única do estado.

Menor número

Pela análise, apenas a região nordeste foi classificada como risco gravíssimo, esse é o menor número desde julho. Naquele mês, Santa Catarina chegou a ter 12 regiões de saúde neste patamar. Na semana passada, eram três regiões que estavam nessa situação.

A matriz de risco potencial das regiões foi atualizada durante a semana e os dados foram divulgados preliminarmente aos municípios catarinenses. Houve apenas duas alterações em relação à avaliação realizada na semana passada e divulgada no dia nove de setembro: as regiões de Laguna e Alto Vale do Rio do Peixe deixaram a situação gravíssima.

A avaliação de risco potencial mostra que as dimensões relacionadas à taxa de isolamento social e de isolamento dos casos foram as que mais contribuíram para o cenário grave e gravíssimo das regiões. Além disso, são avaliadas as dimensões de ampliação de leitos e de reorganização de fluxos assistenciais.

Atenção

Apesar do cenário, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destaca que a população não pode se descuidar das medidas e do distanciamento social.

“O Governo do estado vem trabalhando com eficiência no combate ao coronavírus, mas a pandemia não acabou. Precisamos nos cuidar e continuar avançando nos índices, seguindo as medidas de prevenção estabelecidas”, ressalta.

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul