Não é de hoje que a procura pelos trajes típicos se intensifica nesta época do ano. Afinal, basta cruzar os portões de entrada da Schützenfest para ver as tradicionais vestimentas alemãs enchendo os pavilhões de cores, dando um toque ainda mais especial à festa.

Em uma região onde o calendário de festas germânicas é extenso, os estabelecimentos comerciais acabaram se profissionalizando na produção das peças. Mas nem por isso o trabalho das simpáticas costureiras perdeu espaço.

Apenas entre julho e o último domingo (21), a costureira Nilsa Westphal, de Guaramirim, já confeccionou mais de 100 trajes típicos para moradores de Jaraguá do Sul, Joinville, Corupá, São Bento do Sul e a própria cidade natal. A maioria foi aproveitada para os dias de Oktoberfest, em Blumenau.

Trajes são costurados com muita dedicação | Foto Eduardo Montecino/OCP News
Trajes são costurados com muita dedicação | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Especialmente para a 30ª edição da Schützenfest, Nilsa já tem quase 30 encomendas. "Agora não tem feriado nem fim de semana, trabalho direto. Acordo umas 5h, faço o corte dos tecidos, e depois sigo para a costura até o fim do dia", conta ela.

Este é o terceiro ano que a costureira se dedica aos trajes típicos. Os primeiros foram feitos para a filha e uma amiga. "Depois foram pedindo, pedindo, e hoje em dia não consigo atender todos", observa. No restante do ano, Nilsa faz consertos na sala de costura que tem dentro do apartamento.

Os trajes custam de R$ 140 a R$ 180, dependendo do modelo e tecido pedido pelo cliente. Segundo Nilsa, os materiais para produção estão em falta nas lojas, tamanha a demanda pelas peças entre outubro e novembro. Os tecidos mais utilizados para a fabricação são o oxford e a camurça.

"A maior parte dos pedidos é feminino, mas tem muitos homens fazendo encomenda também. Eu costumo desenhar os modelos e escolher as cores com a ajuda da minha filha. Este ano, chegamos a fazer uma versão de traje com shorts para as mulheres, mas os modelos tradicionais ainda são os mais procurados", explica a costureira.

Nilsa se sente realizada costurando os trajes | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Com Nilsa, é possível montar o traje completo, das meias até a tiara a de flores. Para ela, o melhor em fazer esses modelos é a satisfação em ver as pessoas felizes e bonitas para aproveitar a festa. Depois de tanto trabalho, a costureira vai marcar presença na Schützenfest devidamente trajada. "Vou com a família inteira, até os netos pequenos vão vestidos com as peças", revela.

Em Jaraguá do Sul, uma loja de trajes típicos está se especializando nas vestimentas alemãs por causa da grande demanda que tem na região. Eles contam com fabricação própria e também vendem pela internet para o Brasil inteiro.

"Temos para todos os gostos, idades e tamanhos, a partir de R$ 190. A vontade do pessoal em ir vestido a caráter para as festas alemãs está cada vez maior", avalia a proprietária do local, Miriam Kuchenbecker Voltolini.

Concurso de vitrines

O clima de Schützenfest que começa a se espalhar pela cidade deve se intensificar nesta semana com a divulgação dos pratos, bebidas e preços da 30ª edição da maior Festa de Atiradores do Brasil.

Na quinta-feira (25), um evento oficial da Comissão Central Organizadora (CCO) vai lançar as opções gastronômicas e de chopes.

A organização da festa também abriu as inscrições para um concurso de vitrines com a intenção de estimular o comércio local a entrar no ritmo da celebração.

As vitrines deverão ser decoradas seguindo temas correlacionados à Schützenfest como, por exemplo, a tradição germânica, as sociedades de atiradores, os atiradores, a culinária típica, a Schützenfest e sua história.

A premiação dos vencedores será no dia 13 de novembro de 2018, no pavilhão B do Parque Municipal de Eventos, às 20h. Serão premiados com troféu e placa de mérito os três primeiros lugares de cada categoria. Os vencedores também vão ganhar chope, ingressos e cartelas para tiro de chumbinho.

A ficha de inscrição deve ser encaminhada por e-mail ou pode ser retirada na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), juntamente com as fotos da vitrine decorada, até o dia 1º de novembro de 2018, na própria CDL, entre 8h30 e 19h. A mesma ficha de inscrição pode ser enviada por e-mail para recepcao@cdljaraguadosul.com.br.

Vagas de emprego

A empresa Gêrmania, que irá comercializar chopes na Schützenfest, está contratando pessoas para trabalhar no caixa e no bar da marca durante os dias de festa. Os interessados devem comparecer ao pavilhão A do Parque Municipal de Eventos nesta quarta-feira (24), às 19h, com currículo preenchido e foto 3x4.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?