As sirenes tocaram e os mais de 400 participantes da 1ª Corrida do Fogo em Criciúma saíram pelas ruas da cidade em busca de completar o percurso de 5 e 10 quilômetros.

O evento, realizado na noite de sábado (10), contou com a participação de atletas de todo Estado, além de um pelotão de bombeiros militares que completaram a prova fardados com Equipamento de Proteção Individual (EPI) e Equipamento de Proteção Respiratória (EPR).

A superação esteve presente todo minuto de prova, seja com os atletas que esperaram dois anos para a realização da prova, ou com os militares que enfrentaram seus desafios e completaram cinco quilômetros com um fardamento de até 18 quilos. O atleta João de Oliveira, de 73 anos, é uma prova disso.

“Eu já corro há mais de dez anos, não perco uma corrida aqui na região e essa não seria diferente, estou muito feliz em poder participar”, comentou.

Já para o comandante-geral do CBMSC, coronel BM Marcos Aurélio Barcelos, que comandou o pelotão fardado, a corrida é um sinônimo de aproximação.

“É um momento onde nosso serviço e nossos militares ficam ainda mais próximos da comunidade, onde a sociedade entende nosso trabalho e, acima disso, promove a saúde de todos”, frisou.

A partir da primeira edição a ideia é que a corrida agora faça parte do calendário esportivo.

“Nós ficamos dois anos esperando por esse momento, trabalhamos muito para entregar um grande evento para todos os participantes. Vamos organizar para que a Corrida do Fogo seja realizada anualmente, buscando promover saúde e aproximação da sociedade com a nossa corporação”, finalizou o comandante do 4º Batalhão de Bombeiros Militar, tenente-coronel BM Henrique Piovezam da Silveira.

Vale ressaltar que toda o percurso foi orientado pela Polícia Militar e agentes de trânsito da Diretoria de Trânsito e Transportes (DTT). Em Criciúma a corrida teve o patrocínio do Giassi Supermercados, Armazém Águas, Imbralit, Kolina, Farben, Pipi Móvel, Shopping de Ideias, além do apoio da Prefeitura e Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma.