O Governo de Santa Catarina divulgou nesta quarta-feira (18) a atualização da Matriz de Risco Potencial para Covid-19. Nela, três regiões aparecem classificadas com o risco "gravíssimo" (cor vermelha) e as outras 13 estão em risco "grave" (cor laranja) em relação ao novo coronavírus.

No comparativo com o boletim anterior divulgado na semana passada, a única região que continuou no patamar "gravíssimo" é a de Xanxerê. Grande Florianópolis e Meio-Oeste voltaram para o nível "grave", enquanto duas regiões (Alto Uruguai e Laguna) fizeram o caminho inverso, ou seja, subiram do "grave" para o "gravíssimo".

Nos riscos "gravíssimo" e "grave", as cidades devem adotar medidas mais restritivas para conter a circulação do vírus, como suspender as aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino, exceto em universidades; atividades em cinemas, teatros, casas noturnas e museus, e eventos com reunião de público.

Em Santa Catarina, já foram diagnosticados 302.578 casos de Covid-19, dos quais 19.164 ainda estão em tratamento e 3.370 evoluíram para óbito. Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI encontra-se em 76,4%.

Classificação de risco das regiões para Covid-19

  • Gravíssimo (cor vermelha): Xanxerê, Alto Uruguai Catarinense e Laguna;
  • Grave (cor laranja): Médio Vale do Itajaí, Alto Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Oeste, Serra Catarinense, Nordeste, Planalto Norte, Grande Florianópolis, Carbonífera, Extremo Sul, Alto Vale do Rio do Peixe, Meio-Oeste e Extremo Oeste.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: