Em sua 2ª edição, o Congresso Catarinense de Saneamento, marcado para os dias 6, 7 e 8 de junho, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, terá a presença de nomes fundamentais da cena mundial em pesquisa e implementação de projetos do setor e em desenvolvimento sustentável. O principal desafio é debater “Como Serão as Cidades do Amanhã”.

A programação conta com especialistas da Dinamarca, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal, além de pesquisadores considerados referência no Brasil, tratando assuntos como efluentes tratados, controle da poluição, controle e redução de perdas de água, lixo zero, entre outros.

Paralelo ao Congresso, será realizado o 9º Encontro Técnico da Casan, com trabalhos desenvolvidos pelos funcionários da Companhia Catarinense e da Corsan, Sabesp, Sanepar e outras empresas do setor. Haverá espaço também para apresentação de palestras dos expositores e apoiadores da Feira de Saneamento, que ocorre em paralelo e terá mais de 15 estandes.

“Duas ou três décadas atrás, tinha-se a impressão de que problemas relacionados à água e saúde ocorriam em locais remotos, como o Centro da África ou o interior do Nordeste. Hoje percebemos que as maiores adversidades estão nas cidades, em especial nas maiores”, reforça o engenheiro químico Alexandre Trevisan, da comissão organizadora.

O Concasan é organizado pelo SENGE-SC - Sindicato dos Engenheiros no Estado de Santa Catarina e CASAN, com patrocínio do Governo de Santa Catarina, Jurerê Internacional, CREA-SC e da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE). Tem apoio da Prefeitura Municipal da Florianópolis, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES), FIESC, Instituto Lixo Zero Brasil e Cosatel.

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Região de Jaraguá do Sul - Clique aqui

Região de Joinville - Clique aqui

Região de Florianópolis - Clique aqui