Blumenau registrou os dois primeiros casos de dengue contraídos no município neste ano. As pessoas que foram diagnosticadas com a doença são um homem de 33 anos e uma mulher de 50 anos, ambos moradores do bairro Victor Konder.

Os dois casos já vinham sendo investigados desde maio. Os pacientes já receberam tratamento e não apresentam mais os sintomas. Além deles, já havia o registro de outros 27 casos importados, dez deles contraídos fora de Santa Catarina.

Em virtude disso, a Prefeitura definiu estratégias para combater os focos do mosquito Aedes aegypti, que incluem a ampliação das ações educativas de prevenção tanto da dengue quanto da febre amarela e sarampo. O objetivo é garantir que os agentes visitem todas as escolas e centros de educação infantil do município, orientando os estudantes e distribuindo material informativo.

Já a Defesa Civil acompanhará os agentes nas visitas aos prédios da região central, no entorno do local onde os dois primeiros casos autóctones deste ano foram registrados. Além disso, a ação de fiscalização contará com o apoio de um drone, adquirido pelo Fundo Municipal do Meio Ambiente.

Prevenção

É importante que a população ajude a eliminar possíveis reservatórios de água, desde pneus a tampinhas plásticas, onde o mosquito possa depositar o ovo, já que este fica ativo no ambiente por até 14 meses, podendo virar larva. Em caso de dúvida, a população deve entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, por meio do telefone 156.

Sintomas

Os sintomas da doença são febre, dores de cabeça e nas articulações, enjoo e pode desencadear machas vermelhas pelo corpo. Apresentando esses sintomas, a pessoa deve procurar a sua unidade de saúde de referência.

Quer receber as notícias no WhatsApp?