Santa Catarina recebeu um lote com novas doses da vacina contra Covid-19 no último sábado. Os imunizantes chegaram as cidades da região Sul nesta segunda-feira (2) e cada Município tem se organizado para a aplicação. Confira:

Criciúma

Criciúma recebeu 4.246 doses de vacina contra Covid-19, e nesta terça-feira (3), seguirá a imunização de primeira dose em pessoas acima de 30 anos e grupos prioritários. Para os trabalhadores da indústria a vacinação será feita em pessoas acima de 25 anos.

Para a segunda aplicação segue o cronograma de acordo com a vacina aplicada. Gestantes que fizeram a primeira aplicação com AstraZeneca também podem fazer a segunda dose Pfizer, que está disponível apenas no salão paroquial de Santa Bárbara.

Içara

Içara vai vacinar a população nesta quarta e quinta-feira, dias 4 e 5, baixando a idade para pessoas a partir de 32 anos. A aplicação das vacinas ocorre por ordem de chegada, enquanto houver doses disponíveis e com horário estendido das 16h às 20h.

Os içarenses vão poder se vacinar na quarta-feira nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Jussara, Liri e Jaqueline. Já na quinta-feira a vacinação acontece nos postos dos bairros Primeiro de Maio, Presidente Vargas e Jardim Silvana.

Para receber a vacina é preciso apresentar CPF ou cartão do SUS, documento com foto, comprovante de endereço, carteira de vacinação, além de estar cadastrado no município. Vale lembrar que a quantidade de doses é responsabilidade dos governos federal e estadual.

Tubarão

Em Tubarão nesta quarta-feira (4) poderão receber a primeira dose as pessoas com idade a partir de 25 anos. A ação ocorre no estacionamento do Farol Shopping em sistema de drive thru, das 9 às 14 horas e, para pedestres, das 11 às 14 horas.

Forquilhinha

Mais 1.944 doses de vacinas contra Covid-19 chegaram a Forquilhinha nesta segunda (2). Dessas doses, 1.404 são da Pfizer e 540 da CoronaVac. Os imunizantes serão para concluir a imunização de 35 aos 39 anos e dar continuidade aos 30 a 34 anos, além dos grupos prioritários.

 


Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp