A frente fria chegou e ajudou a diminuir a onda de calor que incomodou muitos catarinenses nesta semana. O sábado (5) deve ser de céu nublado com possibilidade de chuva isolada e até aberturas de Sol em Joinville. A temperatura fica bem menor do que no decorrer da semana. A mínima será de 19°C e a máxima chega a 29°C.

Em São Bento do Sul e Campo Alegre fica ainda mais fresco. Os termômetros oscilam entre 19°C e 26°C. Nesta sexta-feira (4), um temporal deixou estragos nas cidades. Ruas ficam alagadas e carros ilhados.

Quem está afim de pegar uma praia ou se refrescar nos rios da região pode se preparar. O domingo (6) será de Sol com muitas nuvens. Em Joinville, a temperatura fica entre 21°C e 31°C. Nas praias de Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Itapoá e São Francisco do Sul a máxima fica um pouco menor, 28°C.

Por que fez tanto calor nesta semana?

É verão, todo mundo sabe, mas tem muita gente achando que está bem mais quente do que em anos anteriores. De uma maneira geral, segundo a meteorologista do Ciram/Epagri, Marilene de Lima, o calor tem sido maior do que nos últimos anos, mas ela alerta que este aumento é sazonal e não é gradativo.

“Na semana do dia 12 de dezembro e agora, nesta primeira semana de janeiro, tivemos duas fortes ondas de calor. Isto acontece devido à condição atmosférica pré-frontal. Ela acontece antes da chegada de uma frente fria (chuva) e faz com que a temperatura e a pressão atmosférica aumentem. Após a passagem de uma frente fria, ocorre a situação inversa”, explica Marilene.

De acordo com a especialista, o pico de calor desta onda foi na última quinta-feira (4) quando Joinville registrou 40,3°C no bairro Vila Nova e 41,3 em Pirabeiraba. Em Jaraguá do Sul fez 39,1°C e em Corupá 39,8°C. Até então, a média das últimas semanas variava entre 30°C, 33°C.

Marilene comenta que estas ondas de calor vão e vem, foi como aconteceu em 2014 quando Joinville viveu uma estiagem de cerca de 40 dias.

“Uma nova onda de calor deve atingir a região terça-feira (8) quando termos novamente uma condição pré-frontal”, finaliza.

Quer receber as notícias no WhatsApp?